Capitão Carpê reúne com chefe da Casa Militar e apresenta Estatuto da Guarda Municipal

O vereador Capitão Carpê Andrade explica que o estatuto garante a proteção dos direitos fundamentais, preservação da vida, compromisso com a sociedade e patrulhamento preventivo

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

O vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) elaborou uma proposta de estruturação da Guarda Municipal de Manaus, com previsão de capacitação dos guardas, treinamento, qualificação dos agentes, Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCS). A proposta foi entregue pelo parlamentar ao Chefe da Casa Militar, tenente William Dias, e ao subsecretário de Assuntos Legislativos, Rafael Bertazz.

O estatuto destaca o plano de carreira dos guardas municipais que tem o objetivo adequar o documento ao Estatuto Geral das Guardas, contribuir com qualificação para esses profissionais.

O vereador explica que o estatuto garante a proteção dos direitos fundamentais, preservação da vida, compromisso com a sociedade, patrulhamento preventivo e melhor identificação por parte da população, aumentará a sensação de segurança.

“Nossa guarda está abandonada há mais de 70 anos. Se faz necessário reorganizar com urgência. O Estatuto e a reestruturação da guarda é uma promessa de campanha, vou cumprir! O estatuto garante valorização dos guardas, normas para ascensão profissional, interagir com a sociedade para discussão de soluções e projetos voltados à melhoria das condições de segurança das comunidades”, afirmou o parlamentar.

Para o secretário municipal chefe da Casa Militar, tenente William Dias, o estatuto vai contribuir muito na estruturação organizacional da guarda. “A Casa Militar já havia feito um estatuto e encaminhado à Casa Civil, será enviado também o estatuto entregue pelo vereador para fazer uma compilação para que possa ser aproveitado quanto um, quanto outro, para termos um estatuto significativo que valorize nossa guarda é isso que todos nós esperamos”, disse o secretário.

Atualmente, Manaus tem 434 servidores da guarda efetivos para atender a segurança patrimonial, unidades básicas de saúde, junta militar, terminais de integração e eventos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carlinhos Bessa agradece Wilson Lima por CETI de Tefé

TCE-AM muda para quarta-feira o julgamento das contas de ex-gestores de Arthur Neto e Amazonino Mendes

Câmara pode votar nesta terça-feira MP sobre suspensão de contratos de trabalho na pandemia