Vereador Alemão lança o ‘gabinete móvel’ para realizar atendimentos em bairros de Manaus

Manaus-AM |

Motivado pelo processo contínuo de vacinação e o retorno gradual das atividades presenciais em Manaus, o vereador William Alemão (Cidadania) iniciou o projeto “gabinete móvel”. O atendimento itinerante, realizado no interior de um veículo do tipo van, de cara, chamou a atenção das pessoas, por onde passava, pelo estilo e a forma como foi equipada e preparada para receber a população.

A primeira parada foi no bairro Armando Mendes, zona Leste, local escolhido por Alemão, por conta do maior número de mensagens e demandas encaminhas ao vereador, por meio das redes sociais, entre todos os 63 bairros em que o atendimento será realizado. A meta, segundo o parlamentar, é percorrer todas essas localidades, num prazo estimado de um ano e meio.

“O Armando Mendes é campeão em pedidos, principalmente na área de infraestrutura, direcionados a esgoto, ruas e reformas de praças. A gente está aqui para ver isso in loco e cobrar da prefeitura esses serviços”, justificou William Alemão.

Além de ouvir as solicitações e encaminhá-las para possíveis soluções junto aos órgãos, o gabinete móvel começou a ser executado duas vezes por semana, todas as quintas e sextas-feiras, a partir das 14h, com serviços gratuitos de consultoria jurídica, orientação para emissão de documentos on-line, agendamento de terapia psicológica e prestação demandas advindas das comunidades.

O objetivo é aproximar o parlamento da população e, segundo Alemão, dentro das normas sanitárias estabelecidas para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

“Ainda temos um longo caminho a cumprir, mas pelo que vimos nesse primeiro momento, a recepção foi maravilhosa. O pessoal veio e começou a entender o que é o gabinete móvel.

O projeto que começou a ser formatado durante a minha breve campanha, agora é realidade, faz esse link entre comunidade e o vereador”, enfatizou.

Neste primeiro dia, o gabinete móvel fez os atendimentos na praça do Armando Mendes, localizada na Avenida Perimetral, área central do bairro. Além dos serviços de infraestrutura, foram reivindicados atendimento médico com ginecologista, na Unidade Básica de Saúde (UBS), creche, regularização de pendência junto às concessionárias de água e luz, entre outros.

De acordo com os comunitários, o complexo onde funcionam a praça e a quadra poliesportiva do Armando Mendes foi construído há 24 anos, mas não tem recebido a atenção devida por parte do poder público.

“São problemas, principalmente, de infraestrutura. Parece até que a administração passada não fez nada nesse último ano por aqui. A última reforma foi uma pintura, que a própria comunidade se preocupou em fazer; o pessoal do futebol. Temos também esgotos entupidos, ruas esburacadas e essas poças d’água, provocadas pelas chuvas. São alguns detalhes que você só irá saber que existem, vindo a esses locais”, observou Alemão.

“Nós estamos com boa parte do comércio fechado, muita gente está sem dinheiro e não consegue nem chegar aos órgãos para tentar resolver algumas pendências. Há pouco, uma moça chegou aqui e disse: o senhor está vendo o fim daquela rua? Nunca foram lá. Tem uma área ao lado da minha casa que está para desabar, mas as contas de água e de luz não param de chegar”, exemplificou William Alemão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tony Medeiros assume presidência da Comissão de Turismo na ALEAM

MP-AM quer retorno seguro às aulas no município de Manaquiri

Governo do AM divulga lista de membros do Conselho Curador da UEA