Presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB-AM critica vereadores durante debate sobre aumento no combustível

Manaus- Ao defender o fortalecimento das políticas públicas de defesa do consumidor em reunião com representantes de associações de motoristas por aplicativos para debater os aumentos no preço dos combustíveis em Manaus, o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Ordem dos Advogados do Brasil -Seccional Amazonas (OAB-AM), Nicolas Gomes, criticou a falta de um verdadeiro comprometimento de vereadores da cidade com tema.

“É muito fácil pegar uma pauta, bacana, como a dos combustíveis, para gerar engajamento (nas redes sociais). Aí o que acontece, os cordeirinhos vão lá. Ah, é isso aí mesmo. E ele está se beneficiando porque está gerando engajamento político. Eu estou falando ele, mas estou generalizando.”, declarou. “Eu não vi o Rodrigo Guedes falando da questão do Procon Municipal, eu não vi nenhum outro verador falando sobre Procon Municipal ainda. Na verdade eu não vi nem eles falando sobre consumidor.”, acrecentou.

Para Gomes, a categoria dos motoristas por aplicativos também deveria cobrar os parlamentares para criação de leis em cima da problemática e ainda cobrar ações por parte do executivo municipal.

“Um dos pleitos da categoria também poderia ser saber se prefeitura não pretende reativar o Procon Municipal. A gente tinha até o ano passado a Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor. Também pedir para que o seu deputado, o seu vereador, o Rodrigo Guedes, por exemplo, produza leis, projetos de leis, para beneficiar de fato.”, disse. “Pode ter a certeza se aumentar a capilaridade aqui no Procon Estadual em fiscalizar, a gente consegui um resultado melhor alí na ponta. Precisamos ter práticas melhores em defesa do consumidor, contra os alinhamentos de preço.”, acrescentou.

Reunião

Na manhã desta quarta-feira (7), representantes de grupos de motoristas por aplicativos estiveram na sede do Procon-Amazonas para exigir fiscalização dos preços e qualidade nos combustíveis repassados aos consumidores.

Saiba mais em matéria do site Imediato.

‘O 13º do motorista de aplicativo indo embora por conta desses aumentos’, diz representante da categoria sobre alta do preço do combustível

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CPI da Pandemia aprova quebras de sigilo e requisição de servidores da PF

Câmara aprova texto-base do projeto de privatização dos Correios

Pauta de tramitação da Aleam tem projetos voltados para o meio ambiente e saúde mental