Vereador diz que Braga ‘quer o poder de qualquer jeito’ e lembra denúncias de propina

Manaus- AM – Na sessão da Câmara Municipal de Manaus (CMM) desta terça-feira (8), o vereador Sassá da Construção Civil (PT-AM), reagiu a críticas do senador Eduardo Braga (MDB-AM) contra a gestão do governador do Amazonas,Wilson Lima, em relação à crise da segurança no estado.

Sem citar o nome do senador, o vereador afirmou que Eduardo Braga aproveita para fazer palanque político e almeja o comando do estado de qualquer custo, sendo que já teve oportunidade de trabalhar pela segurança do estado e outras áreas. Para o petista, o correto seria apoiar o governo do estado.

“A pessoa que fica botando fogo, que quer o poder de qualquer jeito, não fez nada.”, declarou o parlamentar.

Sassá lembrou denúncias de recebimento de propina por Eduardo Braga, na época da criação do Progama Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus e da construção da Arena da Amazônia, quando o senador era governador do estado. Segundo o vereador, Braga exigia pagamento de propina por parte das empreiteiras. Sassá também disse que era perseguido e sofria ordens de prisões, estando à frente do sindicato dos trabalhadores da construção civil.

“Pegou 10% do Prosamim, 10% da Arena (da Amazônia), que eu fui preso várias vezes porque ele que comandava lá. Essa pessoa tem que criar vergonha na cara e lutar pelo Amazonas, não derrubar o governador que tá aqui hoje, porque ‘nós tem’ que se unir pra defender o povo do Amazonas.”, disse.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto que reestrutura Conselho Municipal do Fundeb é deliberado na CMM

Rodrigo Guedes faz nova denúncia de falta de água em bairros de Manaus no fim de semana

Joana Darc acompanha mutirão de vacina e solicita ao governador início da imunização acima de 30 anos