TRE-AM vai julgar queixa-crime de deputado contra prefeito acusado de calúnia

Manaus – AM-  O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) transferiu para o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), o processamento e julgamento de uma queixa-crime, apresentada pelo deputado estadual Saullo Vianna (PPS), contra o prefeito do município de Barcelos, Edson Mendes (MDB), denunciado pelo parlamentar por suposta difamação na propaganda eleitoral nas Eleições 2020. 
 
De acordo com o despacho, o desembargador José Hamilton Saraiva dos Santos entendeu que o procedimento “refere-se à apuração de alegado cometimento de crime eleitoral tipificado nos artigos 325 e 326 do Código Eleitoral (calúnia e difamação eleitoral)” e, por essa razão, declarou a incompetência da Justiça Estadual para o processamento e julgamento da ação, declinando a competência para o TRE-AM. 
 
Ainda de acordo com despacho, a Procuradora-Geral de Justiça foi cientificada da referida decisão. 
 
Com a remessa dos autos para a Justiça Eleitoral, o presidente do TRE-AM, desembargador Wellington José Araújo, determinou o encaminhamento do processo à Secretaria Judiciária, para autuação e distribuição no Processo Judicial Eletrônico (PJE), na forma regimental. 
 
A última movimentação do processo é referente  a uma intimação. 
Veja também:

Operação ‘Ponto de Parada’ investiga Saullo Vianna por desvio de recursos público em Presidente Figueiredo

 

‘Vou procurar me inteirar para entender o envolvimento do meu nome nessa acusação’, diz Saullo Vianna


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ministério da Economia publica regra que permite elevar salários de Bolsonaro e Mourão

Wilson Lima entrega 3 toneladas de alimentos na Zona Sul de Manaus

Aproximação de Dermilson Chagas e Eduardo Braga fica explícito nas redes sociais