TCE-AM multa ex-presidente da Câmara de Beruri por falta de transparência

Na inspeção realizada pelos órgãos técnicos da Corte de Contas, foi verificado que o gestor não alimentou dados referentes à estrutura organizacional

Beruri|AM

O Pleno do Tribunal de Contas multou o ex-presidente da Câmara Municipal de Beruri, José Roberto do Carmo Cruz, em R$14 mil, por falta de transparência no portal institucional do órgão municipal. A decisão foi tomada após votação durante a 18ª Sessão Ordinária do Pleno, ocorrida na manhã desta terça-feira (24), que resultou em 3 votos a 2 pela aplicação de multa.

Estiveram favoráveis pela aplicação da multa o conselheiro Fabian Barbosa, relator do processo, e o conselheiro-convocado Alípio Reis Firmo Filho. Os conselheiros Yara Lins dos Santos e Mario de Mello entenderam por dar prazo para que fossem feitas atualizações, mas sem aplicação de multa. Responsável pelo desempate, o presidente Érico Desterro também optou pela multa, resultado em 3×2.

Após representação interposta pela Secretaria de Controle Externo do TCE-AM, o relator das contas de Beruri, conselheiro Fabian Barbosa, apresentou relatório mostrando que o gestor não alimentou o site da Câmara de Beruri com diversos dados obrigatórios nas leis de Responsabilidade Fiscal (LC nº 101/2000) e de Acesso à Informação (LF nº 12.527/2011).

Na inspeção realizada pelos órgãos técnicos da Corte de Contas, foi verificado que o gestor não alimentou dados referentes à estrutura organizacional; receitas; despesas; gastos com diárias; licitações e contratos; recursos humanos do órgão, e apresentou ferramentas de pesquisa deficientes.

Durante a discussão no plenário, o relator endossou a necessidade de aplicar multa por se tratar de leis que estão em vigor há tempo suficiente.

“A Lei de Acesso à Informação já é uma lei antiga, já temos 12 anos de vigência. Está claramente posta a necessidade de manterem as informações atualizadas nos portais da transparência. Entendo não haver justificativa plausível para 12 anos depois ainda não termos esses dados atualizados”, frisou o conselheiro Fabian Barbosa.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vereador Gabriel Monteiro vira réu por assédio sexual

Relator desiste de fazer alterações na PEC de auxílios sociais

Tecnologia 5G estreia no Brasil

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.