Recurso de Adail Filho deve ser julgado este mês, e novo prefeito de Coari poderá ser escolhido em novembro

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o recurso do cassação do mandato de Adail Filho deve ser julgado no dia 24 e após 40 dias, o município pode promover a eleição suplementar

Manaus | AM

Ao que tudo indica, a escolha do novo prefeito de Coari está perto. Isto porque, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) marcou para o dia 24 deste mês o recurso de cassação do mandato do prefeito eleito, no ano passado, Adail Filho (Progressistas).

De acordo com a nova data, caso ela seja cumprida, a eleição suplementar naquele município poderá ocorrer no mês de novembro, tem em vista que a Justiça estabelece o prazo de 40 dias após o julgamento para a realização de um novo pleito.

Especialistas comentam interminável ‘novela política’ que atinge o município de Coari

Atualmente, a vereadora Maria Ducirene da Cruz Menezes (MDB), presidente da Câmara Municipal de Coari está como prefeita da cidade. Ela é tia de Adail Filho.

Entenda

No último dia para diplomação dos candidatos eleitos no Pleito 2020, ainda naquele ano, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), suspendeu a candidatura do prefeito reeleito, Adail Filho, pelo município de Coari, e anunciou que será feita uma nova eleição.

O juiz eleitoral Marco Antônio Costa, relator do processo, votou pela inelegibilidade de Adail Filho, e foi acompanhado pelos desembargadores Sabino Marques, Fabrício Marques e Giselli Pascarelli, e pelos juízes Márcio Cavalcante e Victor Liuzzi.

O motivo da ação, impetrada pela coligação ‘Ficha Limpa Para Coari’, seria o acúmulo de mandatos consecutivos por um mesmo grupo familiar, algo que é proibido e consta no artigo 14o da Constituição Federal.

TRE-AM suspende candidatura de Adail Filho e anuncia nova eleição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Wilson Lima é carregado por novos policiais militares durante solenidade; veja vídeo

Bolsonaro estará em Manaus nesta terça e quarta-feira

Governo do Amazonas decreta ponto facultativo nesta sexta-feira e na próxima segunda-feira