Lula tem nova vitória na Justiça Federal, em Brasília

A decisão em favor de Lula foi acatada pelo juiz Frederico Botelho de Barros Viana, da 10ª Vara Federal Criminal da Justiça Federal, no Distrito Federal

Manaus | AM

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teve sentença favorável após a Justiça Federal do Distrito Federal (DF), na última sexta-feira (3), acolher o pedido de trancamento da Ação Penal feita por seus advogados. O processo, agora encerrado, tratava da 4ª linha de crédito do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social  (BNDS), obtida pela Odebrecht para a exportação de bens e serviços para Angola.

A decisão foi acatada pelo juiz Frederico Botelho de Barros Viana, da 10ª Vara Federal Criminal da Justiça Federal no DF.  O Ministério Público Federal (MPF) pode apresentar nova denúncia se entender necessário. A decisão cabe recurso.

De acordo com o juiz, argumentamos do material proveniente de Curitiba (‘Lava Jato’), não podem ser utilizados na ação penal em tela, conforme a decisão proferida pelo Superior Tribunal Federal (STF), que reconheceu a suspeição do ex-juiz Sérgio Moro. O magistrado acatou o pedido da defesa e diz que a denúncia não tem a chamada “justa causa”, requisito necessário pela legislação processual penal, para que continue a tramitar.

Essa é a 18ª ação judicial em favor do  ex-presidente Lula para encerrar ações penais e investigações contra ele. Inclui-se também a declaração da nulidade dos quatro processos originados em Curitiba contaminados pela suspeição do ex-juiz Sérgio Moro. 

Frederico Botelho reconheceu a suspeição do ex-juiz Sergio Moro e declarou a nulidade de todos os atos por ele praticados na fase pré-processual e na fase processual, impedindo a utilização de qualquer elemento proveniente de Curitiba na ação penal em referência.  

Com o trancamento desta ação penal, resta uma única ação penal aberta contra Lula do conjunto de acusações que foram atribuídas contra o ex-presidente oriundas da ‘Lava Jato’. A defesa já pediu o trancamento desta última ação penal  que trata sobre ‘Caso dos Caças’. O novo pedido aguarda apreciação judicial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

David Reis diz que vereadores decidirão se licitação das 41 pick ups vai continuar na CMM

Bolsonaro afirma que Governo Federal zerou impostos de medicamentos

Marcelo Ramos afirma que aumento do IOF é uma maldade com o povo brasileiro