Juiz de Codajás autoriza busca em locais que armazenavam ‘ranchos’ para distribuição a eleitores

Os alimentos encontrados pela polícia estavam armazenados em uma casa abandonada e a maioria dos produtos acabou apodrecendo

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

O juiz titular da Vara Única de Codajás, Geildson de Souza Lima, deferiu mandado de busca e apreensão formulado pela Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) relativo a três imóveis de Jozenilson Lopes de Pontes, onde foram encontradas mais de 200 cestas básicas em um dos locais. Conforme os autos, o pedido da polícia tem a finalidade de coibir possível compra de votos no município, localizado a 240 quilômetros da capital amazonense.

O investigado foi preso em flagrante delito e vai passar por audiência, no Fórum de Codajás, a ser realizada pelo juiz Geildson de Souza Lima. Jozenilson está sendo acusado de prática dos crimes de peculato e organização criminosa, compra de votos, além de condutas que configuram improbidade administrativa, pois ele seria servidor público.

Ao ser questionado pela polícia, Jozenilson inicialmente teria informado que os “ranchos” lhe pertenciam, contudo, depois teria mudado sua versão, explicando que as cestas básicas seriam da Associação da Colônia de Pescadores. A polícia e o Ministério Público do Estado (MPE-AM) estão apurando o eventual envolvimento de alguém ligado à colônia de pescadores no desvio das cestas básicas, haja vista uma informação de que o investigado não trabalharia na associação e nem seria associado à colônia de pescadores.

Em razão do mal acondicionamento, os produtos das cestas básicas foram inutilizados pela Secretaria de Vigilância Sanitária do município, conforme os autos. Os técnicos da secretaria teriam encontrado grande quantidade de baratas, roedores e outros insetos no local onde os alimentos estavam armazenados.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bolsonaro e Fernández, da Argentina, têm primeira reunião bilateral

Joelson Silva deseja sucesso ao prefeito eleito David Almeida

MP-AM apura se ciclovia criada pela Prefeitura de Manaus cumpriu normas técnicas brasileiras