Wilson Lima libera mais R$ 36 milhões do FTI para 61 municípios do interior investirem na Saúde

Neste ano, Wilson Lima já destinou R$ 86,7 milhões do fundo para melhorar assistência à Saúde no interior

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

O governador do Amazonas, Wilson Lima, liberou o pagamento da terceira parcela do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Estado do Amazonas (FTI) aos 61 municípios do interior do Estado. O valor desse repasse totaliza R$ 36,7 milhões, que devem ser aplicados em ações de custeio e investimento no setor da saúde.

O repasse do FTI é uma estratégia do Governo do Estado para ampliar o financiamento dos municípios na área da saúde, principalmente para auxiliar nas ações relacionadas ao combate à pandemia de Covid-19. A terceira parcela deste ano deverá estar disponível nas contas dos municípios nesta quarta-feira (23)

“O FTI é um dinheiro que vai livre para que o prefeito possa fazer os investimentos na área de saúde. Pode ser para a reforma de um hospital, na compra de equipamentos, no pagamento de pessoal. É algo que nunca os prefeitos tiveram e aqui quero reconhecer o apoio da Assembleia Legislativa no sentido de aprovar a proposta do Governo para destinação de parte desses recursos desse fundo para a saúde”, disse Wilson Lima ao destacar que é a primeira vez que os municípios recebem esse reforço de recursos, sem contar os investimentos que o Estado tem feito diretamente na implantação de leitos e reforço de equipamentos e medicamentos no interior.

Neste ano, o Governo do Estado destinou R$ 86,7 milhões do FTI aos municípios. A primeira parcela foi repassada às prefeituras em fevereiro, na quantia de R$ 30 milhões. A segunda transferência no valor de R$ 20 milhões foi liberada em março. O total de repasses do fundo previsto para o interior este ano é de cerca de R$ 160 milhões.

O secretário executivo de Assistência do Interior, da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), Cássio Espírito Santo, destacou que os municípios do interior têm conseguido fazer bons investimentos com os repasses do FTI.

“A aplicação do recurso do FTI tem sido fundamental para a saúde no interior. Pode ser utilizado na atenção especializada, nos hospitais, na atenção básica, nas Unidades Básicas de Saúde e para investimentos e custeio. Para compra de equipamentos, insumos, medicamentos e pagar RH. Hoje, muitos municípios que tinham dificuldade de pagamento de profissionais estão pagando com recurso do FTI. Esse recurso está fazendo um grande diferencial no interior do Amazonas”, enfatizou.

Em 2020, o Estado repassou R$ 93,1 milhões para os 61 municípios. Além da transferência de recursos, o Governo do Amazonas, por meio da SES-AM, apoia o setor de saúde no interior com o envio de medicamentos, insumos, equipamentos e no custeio do quadro de recursos humanos que atua nos hospitais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cartório Eleitoral ganha moderno Sistema de Vigilância Eletrônica do TRE-AM

Para o MPF, licenciamento da BR-319 não deve ser discutido até que estudos de impacto ambiental sejam concluídos

MPAM recomenda exoneração de 35 servidores com grau de parentesco com gestores públicos de Itapiranga