TCE-AM inicia inspeções em todo o interior na próxima semana

Ao todo, serão, aproximadamente, 100 servidores, divididos em 26 equipes, que percorrerão todos os municípios do Amazonas, segundo informou o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

Seguindo rígidos protocolos sanitários para prevenção de contaminação pelo Coronavírus, o Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), por meio da Secretaria Geral de Controle Externo (Secex), inicia na próxima segunda-feira (16), as inspeções ordinárias em todos os municípios do interior do Estado referentes ao ano de 2020.

Ao todo, serão, aproximadamente, 100 servidores, divididos em 26 equipes, que percorrerão todos os municípios do Amazonas, segundo informou, nesta segunda-feira (9), o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello. Das auditorias serão gerados relatórios que irão integrar os processos de julgamentos das contas anuais dos gestores, os quais vão fundamentar os pareceres do Ministério Público de Conta e o relatório e voto dos relatores.

Caso sejam detectadas irregularidades, o Pleno poderá punir aqueles que não usaram corretamente o dinheiro durante o exercício. As inspeções são referentes às prestações de contas apresentadas no primeiro semestre pelos gestores no ano de 2019. No município, os técnicos irão confirmar se as informações conferem com a realidade. As auditorias vão abranger as câmaras municipais, prefeituras e órgãos da administração indireta, como previdências sociais, fundos de saúde, entre outros.

Segurança e teleauditoria

Devido ao momento de pandemia vivido, o TCE-AM adotou novos procedimentos para garantir a segurança dos técnicos envolvidos nas inspeções, levando em conta a necessidade de realização das mesmas para o julgamento das contas dos gestores que estiveram à frente de órgãos públicos, garantindo assim a boa utilização do erário.

Todos os componentes das comissões serão submetidos a testes nos dias antes das viagens para certificar a não contaminação dos mesmos. Entre as mudanças em relação aos anos anteriores, as etapas de viagem foram reduzidas. As equipes irão viajar em uma etapa, com rotas determinadas diretamente para os municípios, sem que haja necessidade de um grande número de trajetos de ida e volta, e diminuindo, assim, o risco de contaminação.

As fiscalizações têm previsão de serem finalizadas até o dia 7 de dezembro. Todos os 61 municípios do interior passarão pela auditoria dos órgãos técnicos do TCE-AM, sendo 59 deles com inspeções in loco. Este ano, apenas os municípios de Codajás e Urucurituba passarão por fiscalizações à distância por meio de teleauditorias.

Com as adaptações nos protocolos de fiscalização para preservar a saúde dos servidores, o TCE-AM reafirma o compromisso, mesmo no momento de pandemia, pela manutenção das atividades fim da Corte de Contas em preservar o patrimônio público em prol da sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

David Reis diz que vereadores decidirão se licitação das 41 pick ups vai continuar na CMM

Bolsonaro afirma que Governo Federal zerou impostos de medicamentos

Marcelo Ramos afirma que aumento do IOF é uma maldade com o povo brasileiro