SSP-AM rebate críticas feitas pelo deputado Delegado Péricles

O deputado estadual Delegado Péricles (PSL) fez duras críticas e graves acusações contra a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e a Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai)

Manaus | AM

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) rebateu, nesta terça-feira (22), as críticas feitas pelo deputado Delegado Péricles (PSL), que usou o plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM) para atacar o secretário executivo-adjunto de Inteligência (Seai), delegado Samir Freire, em duas oportunidades.

“A SSP-AM ressalta que trabalha de forma integrada contra à criminalidade. Os resultados podem ser expressos, por exemplo, na prisão de mais de 317 traficantes, só em Manaus, e na apreensão de mais de 11 toneladas de drogas este ano, no Estado. Esses resultados não seriam possíveis sem o esforço coletivo e o papel desempenhado por cada um dos policiais e demais servidores que compõem o sistema de segurança” disse a secretaria.

Péricles afirmou que na Seai não existiu trabalho para antecipar os eventos de vandalismo que ocorreram em Manaus e em alguns interiores do Estado, coordenados e organizados por uma facção criminosa. “A Seai não funciona. Isso não por conta dos policiais que ali estão, mas por conta do seu comando. Denunciei que o Laboratório Contra Lavagem de Dinheiro não funciona e está parado na Seai”, afirmou o parlamentar.

Sobre essa acusação, a SSP-AM informou que desde 2019, o Laboratório Contra Lavagem de Dinheiro já abriu 272 procedimentos investigativos sobre pessoas físicas e 42 de pessoas jurídicas, além de outros procedimentos, que totalizam mais de 1,1 mil análises realizadas nos últimos três anos.

Ainda conforme a SSP-AM, todo o trabalho do laboratório subsidia ações e operações de diversas unidades da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) em investigações relativas a diversos crimes, sobretudo o tráfico de drogas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cartório Eleitoral ganha moderno Sistema de Vigilância Eletrônica do TRE-AM

Para o MPF, licenciamento da BR-319 não deve ser discutido até que estudos de impacto ambiental sejam concluídos

MPAM recomenda exoneração de 35 servidores com grau de parentesco com gestores públicos de Itapiranga