‘Perdemos uma guerreira incansável’, diz prefeito David sobre morte de Rosemary

Manaus – AM – O prefeito de Manaus, David Almeida, lamentou profundamente a morte da diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), a farmacêutica bioquímica Rosemary Costa Pinto, ocorrida nesta sexta-feira, 22/1, à tarde, em decorrência de complicações da Covid-19.

“Perdemos uma guerreira incansável, que estava na linha de frente, desde o ano passado, na luta contra este terrível vírus, que a cada dia destrói inúmeras famílias pelo mundo. Em nome da Prefeitura de Manaus, dos servidores e de toda Manaus, rogo a Deus para que a receba em sua eterna morada, e seja, neste momento tão triste, o conforto da família e dos amigos”, declarou David, que irá decretar luto oficial de três dias pela morte da farmacêutica.

Há dois anos à frente da FVS-AM, Rosemary era servidora pública municipal, há 25 anos, e integrava os quadros da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), onde ocupava o cargo de farmacêutica em Análises Clínicas, estando à disposição do Sistema Único de Saúde (SUS). Juntamente com um grupo formado por sanitaristas, epidemiologistas, infectologistas, entre outros profissionais da área de Saúde, ela foi uma das idealizadoras da criação da Fundação de Vigilância do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tribunal de Contas e Secretaria de Segurança firmam Acordo de Cooperação para combate à corrupção

TCE-AM multa ex-diretor de Serviço de Água e Esgoto de Presidente Figueiredo em R$ 30 mil

Wilker Barreto gasta R$ 60 mil com consultoria e divulgação em TV e rádio do mesmo grupo de comunicação