Petrobras anuncia quinto aumento no preço dos combustíveis, contrariando Bolsonaro

Manaus-AM |

Na manhã desta segunda-feira (1º), a Petrobras anunciou um novo reajuste de preços nos combustíveis, sendo este o 5º apenas neste ano. Conforme a estatal, a gasolina sofrerá uma alta de R$ 0,1240 nas refinarias, equivalente a 5%. Já o diesel teve o acréscimo de R$ 0,1294, que também refere a 5%.

Eis os preços:

  • gasolina – era de R$ 2,48. Foi para R$ 2,60.
  • diesel – era de R$ 2,58. Foi para R$ 2,71.

Por conta dos aumentos constantes da estatal nos preços dos combustíveis, o presidente Bolsonaro forçou a troca do comando da Petrobras, tirando Castello Branco e colocando o general de reserva Joaquim Silva e Lucena no cargo. Porém, o mandato de Castello apenas termina no dia 20 deste mês, até lá, a empresa poderá continuar aplicando sua política de preços.

No dia 18 de fevereiro, a Petrobras anunciou o 4º aumento do ano e o presidente além de se irritar com a empresa, anunciou que zeraria por 2 meses todos os impostos federais que incidem sobre o óleo diesel a partir de hoje (1º). Porém, mesmo que seja zerado esses impostos, a estatal aumenta os valores de seus produtos e assim neutraliza as medidas tomadas por Bolsonaro.

A preocupação do Palácio do Planalto é que os aumentos no diesel acabem precipitando um movimento de paralisação de caminhoneiros. Essa eventual greve tem sido sempre anunciada, por causa dos reajustes nos preços dos combustíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presidente Jair Bolsonaro sanciona Lei do Mandante

Votação no STJ mantém Wilson Lima no cargo e frustra oposição

'Agora terei a oportunidade de apresentar minha defesa e aguardar a minha absolvição', diz Wilson Lima após denúncia aceita pelo STJ