Pesquisa de monitoramento de carbono custará R$ 2,8 milhões ao Inpa

De acordo com o Diário Oficial da União (DOU), desta terça-feira (30), a pesquisa encomendada pelo Inpa será feita pela Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa, Extensão e Interiorização (Faepi) do Instituto Federal do Amazonas (Ifam).

Manaus | AM

O Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa) vai desembolsar R$ 2.887.768,44 com a contratação de Fundação de Apoio à Pesquisa habilitada para prestação de serviços especializados de Sistema Integrado de Monitoramento do Carbono e Vapor d’1água na Amazônia.

Conforme publicação no Diário Oficial da União (DOU), nesta terça-feira (30), a Dispensa de Licitação n. 15/2021 – UASG 240105 terá como beneficiário a Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa, Extensão e Interiorização (Faepi) do Instituto Federal do Amazonas (Ifam).

A dispensa de licitação foi assinada por Eduiges Secafi da Silva Caiado, da coordenação de Administração Substituto, no dia 19 de novembro deste ano, e ratificado, na mesma data, por Antônia Maria Ramos Franco Pereira, diretora do Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia.

Vale ressaltar que o Inpa é uma unidade de pesquisa vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

 

51161687 09be 4437 a508 52dd7cb126ba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ICMS permanecerá congelado no Amazonas, afirma Wilson Lima

Randolfe elogia decisão de Lewandowski para MP garantir vacinação infantil

Ministro Lewandowski pede informações sobre possíveis irregularidades na vacinação de crianças e adolescentes

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.