Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões em leite condensado; Parlamentares pedem investigação

Manaus-AM | Por: Redação

Nesta quarta-feira (27), foi expedido por parlamentares ao Tribunal de Contas da União (TCU), a abertura de um inquérito que investigue os gastos alimentícios do governo Bolsonaro que somados geram um rombo de mais de R$ 1 bilhão aos cofres públicos, somente no ano de 2020.

Nesta terça-feira (26), foi analisado, conforme dados do portal da transparência, a compra de R$ 15 milhões em leite condensado e mais de R$ 2 milhões em chicletes. As compras de comida se referem a todo o poder Executivo federal, que engloba ministérios e universidades, por exemplo. No caso do leite condensado, R$ 14,2 milhões foram para o Ministério da Defesa, e R$ 1 milhão para o da Justiça.

Nesta quarta-feira (27), a a Controladoria-Geral da União (CGU) informou que o portal da transparência vem passando desde a terça por instabilidade, devido a um número alto de acessos.

O portal da transparência reúne dados sobre gastos do governo federal, como: salário de servidores, compras feitas por meio de licitações, despesas com viagens e pagamentos de emendas parlamentares.

“A Controladoria-Geral da União (CGU) esclarece que o portal da transparência do governo federal recebeu um volume de acessos muito grande, e fora do habitual, na tarde desta terça-feira, dia 26/1, o que gerou uma lentidão expressiva nas consultas feitas pelos usuários”, informou a CGU em nota divulgada nesta quarta (27).

Uma resposta

  1. Acho injusto eles terem gastado tudo isso .não sei qual a necessidade de comprarem tanão leite condensado e chiclete ,refrigerante até e o povo passando necessidade e o presidente vai na rede social e me diz que o Brasil da quebrado.como assim tá quebrado pra ajuda o povo que colocou ele lá .mais pra ele gasta do bom e melhor o Brasil não tá quebrádio daí .se fosse coloca tudo de errado que ele já fez ou falou ia fica dois dias escrevendo aqui.acho uma falta de respeito pelo povo que elegeu ele..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dos 41 vereadores da Câmara Municipal de Manaus, 12 não utilizaram o 'Cotão', no mês de janeiro

Justiça pela Paz em Casa inicia, na segunda, com mais de 270 audiências pautadas em Manaus

MPF pede que Ministério da Saúde adote medidas urgentes para conter a transmissão do novo coronavírus