Parlamentares do centrão avisam que podem trocar Bolsonaro

Manaus | AM

Após a quarta troca de ministro da Saúde feita pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nomes fortes do “centrão” estão cogitando a troca do presidente, caso não dê certo o novo ministro Marcelo Queiroga, oficializado pelo presidente nesta segunda-feira (15) para ficar no lugar de Eduardo Pazuello.

Segundo a fala de alguns veículos de grande circulação nacional, Bolsonaro deve tomar cuidado com os próximos passos que dará em seu governo.

“Há um tom de ameaça no ar. Um influente político do Centrão resume: Bolsonaro quis escolher um nome sozinho. Não tem problema. Mas terá que acertar na seleção do seu quarto ministro da Saúde porque, caso seja necessário fazer uma nova troca, o país não vai parar para discutir quem será o quinto, mas sim o próximo presidente da República.”, disse o Estadão.

“O apetite do Centrão tem limites. E esses limites costumam se impor quando o governo se torna politicamente inviável (…). A imagem que se faz no Centrão a respeito do episódio é auto-explicativa. ‘É como trocar o fusível de um comôdo da casa: se ele queima e você troca quatro vezes, na quinta é melhor trocar logo a casa toda’.”, disse o jornal O Globo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AO VIVO | Saiba quais ministros do STF votaram contra a liberação de cultos e missas na pandemia

Roberto Cidade autorizou o gasto de mais de R$ 12 milhões com contratos na Aleam

Veja quais foram os ministros do STF que votaram contra a liberação de cultos e missas