‘O cargo está à disposição’, diz Algacir Polsin, superintendente da Suframa, sobre suposta mudança na autarquia

O programa 'Conversa Política', que teve como entrevistado o superintendente da Suframa, general Algacir Antônio Polsin, foi ar neste domingo (28)

Manaus | AM

“Naturalmente que o cargo é cobiçado, mas nunca me senti ameaçado”, respondeu o superintendente da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), general Algacir Antônio Polsin, durante entrevista ao programa ‘Conversa Política’, com Álvaro Corado, ao ser questionado sobre sua possível substituição no comando da autarquia. No programa, que foi ao ar neste domingo (29), o general também fez uma análise de sua gestão, desenvolvimento sustentável e projetos futuros para a autarquia.

“Tive o apoio integral de todos os atores, e até hoje não tive ingerência política dentro da Suframa. Com relação ao cargo, não me cabe ficar questionando isso, não me sinto ameaçado, mas estou aqui para cumprir  missão. A hora que o presidente da República (Jair Bolsonaro) considerar que cumpri minha missão, o cargo está à disposição. Minha resposta foi apresentar trabalho até ano que vem. Nossa resposta é mais trabalho, tirando ‘buchicho’ de jornal, não houve qualquer outro indicativo. Todos demonstraram apoio a minha gestão. E a sinergia de todos os atores foi o que trouxe resultado”, comentou o general.

Polsin contou que a experiência adquirida enquanto trabalhou na região, quando esteve Exército Brasileiro (EB), ajudou a adquirir conhecimento das mazelas, das distâncias, das dificuldades logísticas e das dificuldades da população. E esse processo ajudou a ter uma visão macro quando se fala de Suframa, que é uma autarquia federal, vinculado ao Ministério da Economia.

“As Forças Armadas fazem parte do desenvolvimento da Amazônia. Da mesma maneira que a Suframa. O foco maior é o desenvolvimento, mas anexo ao desenvolvimento também vem a proteção. Uma consequência positiva do Polo Industrial de Manaus (PIM) é a contribuição da manutenção da floresta em pé. Nós vemos o Estado do Amazonas com 90%”, exemplificou ele. 

De acordo com o superintendente, é preciso aliar o desenvolvimento sustentável, com a melhoria da qualidade de vida da população e a conservação da floresta. Polsin entende que o modelo atual da indústria no Amazonas é adequado para nossa região e defende a não substituição do modo PIM.

‘Conversa Política com Álvaro Corado’ – Algacir Polsin; assista

“Nós  temos que buscar complementariedade, buscando outros vetores econômicos, buscando diversificar as indústrias do polo. Nós temos que acompanhar a evolução do mundo, essa versatilidade. Aí entra como muito importante a bioeconomia. Nós buscamos tirar proveito desse diferencial competitivo que nós temos aqui de todo nosso ecossistema. E a Suframa tem buscado contribuir nesse sistema”, disse. 

Para manter e incentivar esse desenvolvimento, a autarquia tem buscado permitir benefício fiscal para empresas que fazem beneficiamento de matéria-prima regional de origem  vegetal ou agrícola, em toda a Amazônia Ocidental. Da mesma forma, vem incentivando que os Recursos de Pesquisas, Desenvolvimento e Inovação, frutos da Lei de Informática, de faturamento das indústrias que fazem o uso desse tipo de produto. 

Pandemia

Questionado se a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) afetou o Polo Industrial Manaus, Polsin respondeu que nesse período “a Suframa teve 37 projetos de implantação e apenas sete saíram das empresas que deixaram o polo”. “E as sete que saíram foi por decisão estratégica da empresa. As medidas econômicas e a decisão política do Governo Federal, contribuíram para a manutenção do poder de compra. Muita gente teve que comprar ar-condicionado, notebook, motocicleta, etc. Mudanças de hábitos também contribuíram para que aumentasse a demanda”. 

De acordo com o superintendente, este ano, o faturamento do polo, até agora, foi de R$ 116 bilhões, e até o final do ano, esse faturamento pode chegar entre R$ 140 ou R$ 145 bilhões. O valor é 40% a mais do que ano de 2020 e também do que em 2019.  “Nosso modelo está atravessando com sucesso esse período de pandemia”.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ICMS permanecerá congelado no Amazonas, afirma Wilson Lima

Randolfe elogia decisão de Lewandowski para MP garantir vacinação infantil

Ministro Lewandowski pede informações sobre possíveis irregularidades na vacinação de crianças e adolescentes

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.