‘Ninguém receberá a vacina antes de Manaus’, afirma Eduardo Pazuello

O minsitro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que serão utilizadas duas vacinas em janeiro: a AstraZeneca com a Fiocruz e a Sinovac com o Butantã

Manaus | AM

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou nesta quarta-feira (13), durante pronunciamento, que nenhuma cidade receberá a vacina antes de Manaus. Além disso, ele confirmou que a vacinação começará agora no mês de janeiro.

“Vamos vacinar em janeiro e Manaus será também a primeira a ser vacinada. Ninguém receberá a vacina antes de Manaus. A vacina será distribuída simultaneamente em todos os estados na sua proporção de população, e Manaus terá essa prioridade também”, afirmou Pazuello.

O ministro ressaltou, ainda, que serão duas vacinas em janeiro: a AstraZeneca com a Fiocruz e a Sinovac com o Butantã. Além disso, seis milhões de doses do Butantã estão prontas e armazenadas em Guarulhos.

Segundo Pazuello, em 3/4 dias após a aprovação das vacinas pela Anvisa, o Ministério da Saúde consegue distribuí-las em todos os estados do Brasil.

Ainda na oportunidade, ele anunciou a abertura de mais 500 leitos nos proximos quatro dias, contratação imediata de 180 voluntários da área de saúde e a compra de dez unidades geradoras de oxigênio com capacidade de produção de 5 mil metros cúbicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Covid-19: liminar garante imunização de adolescentes por estados, municípios e DF

Deputados comentam discurso de Bolsonaro na Assembleia-Geral da ONU

David Reis publica suspensão do edital de construção do 'puxadinho' por determinação da Justiça