‘Não tinha como prever o que ia acontecer em Manaus’, diz Mourão sobre a Covid-19

Na manhã desta sexta-feira (15), o vice-presidente, Hamilton Mourão, comentou sobre o aumento de casos e mortes por conta da pandemia de Covid-19 no Amazonas.

Mourão disse que não era possível prever a situação causada pela nova variante da Covid-19, deixando Manaus sem oxigênio para o atendimento de pacientes da rede pública de saúde.

“Você tem uma capital como Manaus, que é a cidade mais populosa da Amazônia ocidental, e que você só chega lá de barco ou de avião. Você não tem como prever o que ia acontecer com essa cepa que tá ocorrendo em Manaus, totalmente diferente do que tinha acontecido no primeiro semestre”, afirmou o vice-presidente da República.

Mourão ainda falou que o governo federal está fazendo o possível para ajudar a capital amazonense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marcelo Queiroga testa positivo para Covid-19

Covid-19: liminar garante imunização de adolescentes por estados, municípios e DF

Deputados comentam discurso de Bolsonaro na Assembleia-Geral da ONU