Mourão demite assessor que afirmou que o ‘General’ é mais capacitado que Bolsonaro

Manaus-AM | Por: Redação

O vice-presidente, Hamilton Mourão demitiu seu assessor, que por troca de mensagens, disse que o ‘capitão’ estava errando muito na pandemia. Ricardo Roesch, o assessor, conversou com o chefe de gabinete de um deputado federal sobre a hipótese de Mourão assumir o cargo de Bolsonaro. Na conversa, Roesch também disse que Mourão “é mais preparado”.

A exoneração de Roesch foi publicada no “Diário Oficial da União”. Mourão comentou a exoneração do assessor durante entrevista nesta sexta-feira (29) no Palácio do Planalto.

O vice chamou a situação de “lamentável”, disse não concordar com um processo de impeachment de Bolsonaro e frisou que o envio da mensagem “imprudente” gerou um “ruído totalmente desnecessário”.

“Foi uma situação lamentável. Número um, primeiro lugar, porque eu não concordo com processo de impeachment, não apoio isso aí, acabou”, disse.

Veja uma parte da conversa

– Antes, Heleno dominava agora estão divididos – capitão está errando muito na pandemia. General Mourão é mais preparado e político. Você sabe disso.

– Cara – não posso ter esse tipo de conversa – chefe não iria gostar.

– Mas vamos nos falando.

– Relaxa.

2 respostas

  1. Sua manchete é uma fake news, não foi por este motivo que o Vice-presidente demitiu seu assessor, foi pelo mesmo motivo pelo qual lhes fez criar este factoide, deslealdade, mau caratismo, mentiras, hoje mesmo, estarei deixando de segui-los, pois as vossas meias verdades, atrapalham a nação, sua credibilidade acaba de cair a zero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em 2020, Arthur Neto gastou R$191 milhões em publicidade, aponta vereador Lissandro Breval

Dermilson Chagas denuncia guarita de meio milhão construída sem licitação por Amazonino Mendes

'Sem saúde, não há economia', diz Paulo Guedes sobre vacinação em massa