Governo anula decreto que prejudicava polo de bicicletas da ZFM e do país

Manaus | AM

O Comitê Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex) revogou a Resolução 159, que diminuía o imposto de importação de bicicletas e prejudicava as indústrias do setor instaladas no Polo Industrial de Manaus.

A Resolução 159 foi anunciada em 17 de fevereiro e reduz progressivamente a alíquota do imposto, de 35% para 20%, até o fim do ano. O setor de bicicletas é decisivo para a geração de empregos em Manaus na Zona Franca de Manaus (ZMF).

Segundo pesquisa, dos 26 estados brasileiros, 18 têm indústrias de bicicleta e todas estão sentindo a perca no número de vagas de emprego e mercado com a diminuição do imposto para bicicletas importadas. A indústria nacional para competir no mercado externo, tem que enfrentar um ambiente de negócios burocráticos, altas tributações e um sistema logístico pesado, ainda mais para a região norte, que dificulta ainda esse sistema logístico.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tony Medeiros assume presidência da Comissão de Turismo na ALEAM

MP-AM quer retorno seguro às aulas no município de Manaquiri

Governo do AM divulga lista de membros do Conselho Curador da UEA