Em plena pandemia e no fim da gestão, Arthur pagou R$ 20 milhões por livros, com escolas fechadas

Manaus – AM – O prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), contratou, já no final do seu mandato, a empresa Tipo Gráfico Ltda. para fornecimento de livros didáticos do Ensino Fundamental anos iniciais pelo valor de quase 20 milhões de reais (R$ 19.996.265,92). O procedimento feito, portanto, no apagar das luzes, é alvo de uma investigação por parte da atual gestão, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Segundo a nova administração, há suspeita de irregularidade dentro do processo. São verificadas as metodologias de contratação e atas realizadas.

Arthur Neto gastou milhões em materiais para escolas fechadas

O procedimento realizado por parte da gestão de Arthur, aconteceu com escolas sem estarem funcionando e alunos em casa, por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Veja o documento

Arthur

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portugal reconhece certificados de vacinação emitidos pelo Brasil

Governo federal cria programa para expandir telecomunicações na Amazônia

Cartórios eleitorais do interior do AM voltam a atender presencialmente