CPI da Covid: ‘Caso convidado irei tranquilamente’, diz David Almeida

Manaus – AM – O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), foi questionado na manhã desta segunda-feira (26) sobre eventual convocação sua para ser ouvido na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 no Senado Federal, e respondeu que, se for convidado, irá comparecer de forma tranquila para colaborar com os trabalhos.

“A CPI ainda não foi instalada, ainda não tem presidente, ainda não tem relator, há possibilidades, porém, certamente se eu for convidado, fiquem tranquilos, irei lá prestar todos os esclarecimentos.”, afirmou o prefeito, também alertando sobre possíveis “fake news” envolvendo o assunto.

Ainda de acordo David Almeida, já foram providenciados relatórios sobre as verbas federais para a área da saúde repassadas para a conta do município.

“Já fiz todo o levantamento necessário, tenho os relatórios sobre os recursos que foram enviados para a cidade de Manaus, aonde eles foram empregados, e com relação a isso, tudo tranquilo.”, afirmou, ainda, o prefeito.

Questionado se via a necessidade de convacação do ex-prefeito da capital, Arthur Neto, David apenas disse: “respondo por mim.”

As repostas foram dados em coletiva de imprensa, após lançamento de edital com 16 mil vagas para o programa Bolsa Universidade 2021.

CPI da Covid

A CPI vai investigar ações e omissões do governo federal no combate à pandemia da covid-19 no Brasil e a aplicação dos repasses de verbas federais aos estados e municípios.

O colegiado se reúne pela primeira vez nesta terça-feira (27), a partir das 10h (horário de Brasília). Com a instalação oficial, a CPI escolherá seu presidente, seu vice-presidente e seu relator.

A reunião acontecerá no Plenário n. 3, na Ala Senador Alexandre Costa, e será semipresencial, com a possibilidade de participação dos membros da CPI em pessoa ou virtualmente. A eleição do presidente e do vice-presidente, que é secreta, será restrita aos que comparecerem no local.

Na capital amazonense faltou oxigênio e pacientes morreram nos hospitais em um segundo surto da doença.

O ex-ministro da Saúde, general de Exército Eduardo Pazuello, é alvo da CPI da Covid.

 

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ministério da Economia publica regra que permite elevar salários de Bolsonaro e Mourão

Wilson Lima entrega 3 toneladas de alimentos na Zona Sul de Manaus

Aproximação de Dermilson Chagas e Eduardo Braga fica explícito nas redes sociais