Aeroportos de Manaus, Tabatinga e Tefé serão leiloados pelo governo federal nesta quarta

O aeroporto de Manaus será leiloado, nesta quarta-feira (7), pelo governo federal durante o 'Infra Week'

Manaus | AM

Os aeroportos de Manaus, Tabatinga e Tefé serão leiloados pelo governo federal, nesta quarta-feira (7), durante o ‘Infra Week’. No total, 22 aeroportos brasileiros serão concedidos à iniciativa privada, o que prevê um investimento de mais de R$ 6 bilhões.

Os aeroportos a serem leiloados foram divididos em três blocos: Sul, Norte 1 e Central. Os três aeroportos do Amazonas compõem o Bloco Norte 1, que inclui também Porto Velho, em Rondônia; Boa Vista, em Roraima; além de Rio Branco e Cruzeiro do Sul, no Acre. Os sete devem gerar um investimento de R$ 1,4 bilhão.

O Bloco Sul é formado por nove aeroportos: Curitiba, Bacacheri, Foz do Iguaçu e Londrina, no Paraná; Navegantes e Joinville, em Santa Catarina; e Pelotas, Uruguaiana e Bagé, no Rio Grande do Sul.

Outros seis formam o Bloco Central: Goiânia, em Goiás; Palmas, no Tocantins; São Luís e Imperatriz, no Maranhão; Teresina, no Piauí; e Petrolina, em Pernambuco.

O investimento total nos três blocos supera os R$ 6 bilhões, sendo R$ 2,8 bilhões no Bloco Sul, R$ 1,8 bilhão no Bloco Central, e R$ 1,4 bilhão no Bloco Norte.

‘Infra Week’

Além dos aeroportos, serão concedidos à iniciativa privada o total de 28 ativos de infraestrutura, que também incluem terminais portuários e uma ferrovia. Por meio do Ministério da Infraestrutura (MInfra), uma série de leilões serão realizados entre os dias 7 e 9 de abril.

Segundo o MInfra, os leilões vão injetar mais de R$ 10 bilhões em investimentos no Brasil. Além disso, as concessões vão gerar mais de 200 mil empregos, de forma direta, indireta e efeito-renda, ao longo dos contratos de arrendamento e concessões.

“No dia 7 de abril teremos o leilão de 22 aeroportos. É a mesma quantidade do que em todas as rodadas anteriores que já fizemos. De uma só vez. No dia 8 de abril a gente faz a Ferrovia de Integração Oeste-Leste. No dia 9, faremos 5 terminais portuários”, explica o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Além dos 28 ativos, no dia 29 de abril, será realizado o leilão da BR-153/080/414/GO/TO, rendendo mais R$ 8 bilhões de investimentos e mais de 140 mil postos de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marcelo Queiroga testa positivo para Covid-19

Covid-19: liminar garante imunização de adolescentes por estados, municípios e DF

Deputados comentam discurso de Bolsonaro na Assembleia-Geral da ONU