Volta de Auxílio Emergencial ‘vai quebrar o Brasil’, diz Bolsonaro durante live

Manaus-AM | Por: Redação

Nesta quinta-feira (28), o Presidente Jair Bolsonaro, negou mais uma vez a possível volta do auxílio emergencial. Ele disse que prorrogar o programa federal “vai quebrar o Brasil”. Bolsonaro pediu para que a população conviva com a Covid-19 sem “destruir empregos” e pediu ainda o retorno do público aos jogos de futebol.

“Lamento, o pessoal quer que continue (o auxílio), vai quebrar o Brasil. Vem inflação, descontrole da economia, vem um desastre e todo mundo vai pagar caríssimo. Temos que trabalhar”, disse. Bolsonaro também voltou a citar que a capacidade de endividamento do País “chegou ao limite”.

“Temos que conviver com a covid, lamento as mortes mais uma vez, antes que falem que sou insensível. Mas, temos que conviver com esse problema,não podemos destruir empregos”, disse.

Mesmo com as mais de 221 mil mortes pela Covid-19 no Brasil, Bolsonaro disse que a população tem que voltar a “sorrir” e sugeriu o retorno das torcidas aos estádios de futebol.”Nós temos que voltar a viver, pessoal. Sorrir, fazer piada, brincar, voltar aos estádios de futebol o mais cedo possível, que seja com uma quantidade menor, 20%, 30% da capacidade do estádio, temos que voltar a viver”, disse o chefe do executivo.

Confira o pronunciamento clicando AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deputado João Luiz apresenta Projeto de Lei que cria a 'Cesta Básica Popular no Amazonas'

Comissão de Indústria da Câmara quer derrubada de resolução que afeta polo de duas rodas

Joana Darc solicita a inclusão imediata das pessoas com deficiência no grupo prioritário de vacinação