Publicados decretos que exoneram servidores do governo por vacinação indevida

Manaus – AM – Foram publicados os decretos pelo governo do Amazonas que exoneram os servidores Gerberson Oliveira de Lima, do cargo em comissão de Assessor Técnico, da Casa Civil; e Michele Adriane Pimentel, do cargo de provimento efetivo de “TEC. DE ENFERMAGEMTENP.S.N.M.A”, do quadro de pessoal da Secretaria de Estado da Saúde (SEAS), que atualmente exercia a função de diretora do Hospital e Pronto-Socorro da Criança da Zona Leste.

Apuração da SES-AM identificou que foi a servidora que incluiu, indevidamente, o nome de Gerberson, na lista de trabalhadores de saúde que deveriam ser vacinados pela Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa), infringindo o cronograma de vacinação estabelecido pelo Ministério da Saúde (MS). O servidor da Casa Civil também foi exonerado por determinação do governador Wilson Lima. Gerberson trabalhava como motorista do governador.

No ato, o governador determinou, ainda, que a conduta dos dois servidores seja comunicada, imediatamente, ao Ministério Público Federal (MPF) MPF “para que adote as providências necessárias quanto à possível infração penal”.

Veja os decretos:

EXONERAR GERBERSON OLIVERA LIMA EXONERAR MICHELE ADRIANE PIMENTEL AFONSO (1)

EXONERAR MICHELE ADRIANE PIMENTEL AFONSO (1)

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presidente do TCE-AM prorroga atividades em home office

Educação no Amazonas é um dos temas mais debatidos na Assembleia Legislativa

Boulos e mais dois viram réus em caso de invasão de tríplex no Guarujá