‘Será a maior obra do nosso governo’, diz Wilson Lima ao lançar Prosamin+

Manaus-AM- Na manhã desta segunda-feira (12), o governador Wilson Lima garantiu para moradores da comunidade da Sharp, bairro Armando Mendes, na zona Leste da capital amazonense, a solução para um problema antigo do local, que é a falta de saneamento básico e os alagamentos de casas em área de igarapé.

“A vida das pessoas da comunidade da Sharp a partir de hoje começa a mudar. Essa é a maior obra do nosso governo. Para fazer o que nós estamos fazendo, tem que ter coragem, tem que ter determinação. Nenhum governador do Amazonas enfrentou a crise sanitária de pandemia de Covid-19 que nós estamos enfrentando. Nenhum governador desse estado enfrentou a maior enchente de todos os tempos. Nenhum governador foi tão atacado como eu fui atacado. Mas nenhum governador vai fazer o Prosamim da Sharp, quem vai fazer é o governador Wilson Lima. É a primeira vez que o governo do estado faz uma intervenção de infraestrutura tão grande. Essa é a maior obra do nosso governo.”, discursou.

Wilson Lima lançou o Programa Social e Ambiental de Manaus e do Interior (Prosamin+), com investimentos de R$ 542 milhões. Os recursos, financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), serão destinados a obras de urbanização, novos conjuntos habitacionais e saneamento básico na capital e interior do estado. De forma inédita, o programa vai beneficiar, incialmente, bairros da zona leste de Manaus.

Ainda de acordo com ele, ainda neste mês de julho, começarão as consultas públicas e, depois dessas consultas, em novembro a assinatura do contrato.

“A nossa perspectiva é que no início de 2022, em janeiro, as obras de retirada do pessoal (da Comunidade da Sharp) já comecem a acontecer”, explicou o governador.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CPI: reverendo Amilton de Paula diz que não negociou vacinas

TJAM publica nomeação de mais 14 candidatos aprovados no concurso de 2019

Comissão aprova pensão para filhos afastados de pais com hanseníase antes de 1986