Delegada Emília Ferraz recebe apoio à sua candidatura da sede estadual da Igreja do Altíssimo

O encontro com a candidata à deputada federal ocorreu nesta semana, no bairro Crespo, e contou com a presença do conselho institucional da igreja

MANAUS | AM

Na noite desta terça-feira (23), a sede estadual da Igreja do Altíssimo oficializou o apoio à candidatura da delegada Emília Ferraz (União Brasil) ao cargo de deputada federal pelo Amazonas. A instituição, localizada no bairro Crespo e composta por 6 mil membros, recebeu Emília por meio do pastor-presidente Daniel Nunes de Sena. Ela chegou a ser sabatinada por líderes do conselho da instituição, e reforçou que suas propostas são formadas pelo tripé Segurança Pública, Mulher e Geração de Emprego e Renda.

Durante sua fala, a candidata destacou que o assunto política deve ser debatido amplamente. “Nós não podemos fazer como Pôncio Pilatos e lavar as mãos. Política faz parte da nossa vida. A Bíblia fala sobre política. Em Provérbios 29, é dito que sempre que os governantes são ímpios, o povo é triste. Então, gente, quem quiser sonhar esse sonho comigo, quem acreditar que tudo pode mudar, peço o apoio. Quero ser deputada, em Brasília, para fazer muita coisa”, disse ela.

Emília reforçou que sua caminhada não está sendo fácil, mas que sempre foi uma mulher de fé e de luta. “Ao longo da minha trajetória profissional, lidei com uma das partes mais complicadas da nossa sociedade, mas segui meu caminho com muita fé e determinação. E isso me credenciou a chegar ao ápice da minha carreira, sendo a primeira delegada-geral da história do Amazonas. E Deus esteve comigo em todos os momentos. Quando se tem fé, se tem amor e se acredita no que faz, podemos chegar longe”, afirmou.

Na ocasião, entre os projetos apresentados por Emília esteve um destinado a mulheres em situação de vulnerabilidade. “Existem mulheres que são vítimas de violência e que se mantêm nesse ciclo, pois não conseguem sustentar seus filhos sozinhas por falta de emprego, de renda. Então, pretendo criar uma lei de incentivo fiscal destinada para empresas que contratem essas mulheres. O mesmo ocorrerá com mulheres acima de 50 anos que não conseguem trabalhar por questão de idade”, salientou.

Outra proposta apresentada, foi a destinação de emenda parlamentar para instituições que tenham interesse em atender mulheres dependentes químicas. “Geralmente essas instituições são destinadas aos homens, mas muitas mulheres também padecem dessa doença. Nada mais justo do que poder tratá-las e reinseri-las no ambiente social. Não podemos permitir que elas vivam em uma situação como essa”.

Após a conversa, o pastor-presidente Daniel Nunes da Sena submeteu o nome da delegada Emília Ferraz aos membros do conselho que aprovaram a candidata por unanimidade. “Me sinto muito honrada com esse apoio e tenho a certeza que faremos um lindo trabalho em Brasília, tendo como foco principal o nosso Amazonas”, finalizou ela.

Com informações da assessoria*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.