Visivelmente debilitado, Amazonino se esforça para participar de evento do TJAM

Pré-candidato ao Governo do Amazonas, político de 82 anos tem dificuldades de locomoção e é acompanhado por um médico na posse do desembargador Flávio Pascarelli

Manaus | AM

Chamou atenção de quem participou da solenidade de posse do desembargador Flávio Pascarelli como presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) nessa segunda-feira (4), a dificuldade do ex-governador Amazonino Mendes (Cidadania) de se locomover e seu aparente estado debilitado de saúde.

Vídeos do político de 82 anos viralizaram nas redes sociais e mostram, por exemplo, o esforço que ele faz para se levantar e sentar na cadeira. Durante todo o evento, Amazonino foi acompanhado de um médico, que inclusive o ajudava a se locomover.

Pré-candidato ao Governo, Amazonino além da dificuldade de locomoção também faz constante diálise – processo artificial para remover os resíduos e excesso de líquidos do corpo, que é necessário quando os rins não estão funcionando adequadamente. As informações do real estado de saúde do político até o momento não foi esclarecido à imprensa.

História política

Amazonino Mendes é um dos políticos mais importantes da história do Amazonas. Foi quatro vezes governador do Estado, três vezes prefeito de Manaus e uma vez senador.

É responsável por obras como a construção do FCecon, bumbódromo de Parintins e a criação da Universidade Estadual do Amazonas (UEA).

Pessoas ligadas à política ouvidas pelo site O PODER afirmam que a contribuição de Amazonino ao Amazonas é inegável, mas que no atual estado de saúde que ele se encontra deveria ser respeitado, já que há uma clara pressão de aliados para que ele permaneça ativo na disputa das eleições.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.