Presidente da Câmara defende direito de empresário vacinar funcionários contra Covid-19

Manaus | AM

Na manhã desta quarta-feira (31), o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), defendeu a possibilidade empresários conseguirem comprar doses de imunizantes para vacinar seus funcionários e até familiares dos empregados. A fala de Lira ocorreu durante a reunião do Comitê anti-covid, que estavam presentes o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga e o presidente do Senado, Rodrigo Pachego (DEM).

Atualmente, uma lei aprovada no Congresso Nacional permite a compra de vacinas pela iniciativa privada, mas exige doação ao Sistema Único de Saúde (SUS) de 100% das doses adquiridas enquanto os grupos prioritários não forem imunizados.

Arthur Lira defendeu a flexibilização dessa lei. Segundo ele, a iniciativa privada pode dar mais agilidade ao processo de vacinação no país.

“Tem uma discussão que inicia-se hoje na Câmara que é da possibilidade da iniciativa privada também adquirir vacinas para que o empresário possa vacinar os seus funcionários, para manter a sua empresa e seu negócio de pé, e também extrapolar para o SUS a quantidade, podendo também extrapolar para a família dos seus funcionários uma quantidade, ou podendo doar 100% para o SUS. Não há conflito de interesses”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PRTB divulga carta em apoio ao governador do Amazonas, Wilson Lima

Assembleia Legislativa debate endividamento da população e extinção de postos de trabalho

Justiça bloqueia R$ 4 milhões em bens de autoridades do Executivo e Legislativo de Envira