Pesquisa aponta que Sergio Moro é o único que pode ultrapassar Bolsonaro e alcançar Lula no Amazonas

De acordo com pesquisa publicada nesta quarta-feira (24) pela Perspectiva Mercado e Opinião, o ex-juiz Sergio Moro aparece com 26,2% de potencial de votos no Estado

Manaus | AM

O ex-juiz e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, aparece como uma terceira via de intenção de votos (26,2%) nas Eleições 2022, de acordo com a pesquisa publicada, nesta quarta-feira (24), pela Perspectiva Mercado e Opinião. Segundo o levantamento, feito em nove cidades do Amazonas, incluindo Manaus, Moro é o único que pode ultrapassar o atual presidente da República, Jair Bolsonaro e enconstar no ex-presidente Lula.

http://www.facebook.com/imediatoonline/videos/473674463816107

Conforme a primeira pergunta estimulada, onde foram apresentados dez nomes de possíveis candidatos, Moro aparece em terceiro lugar com 7,6%. Quando os entrevistados foram questionados quem seria sua segunda opção de voto, o ex-juiz sobe para 18,6%, ultrapassando Lula (6,2%) e Bolsonaro (4,6%). Tanto Lula quanto Bolsonaro aparecem com 38,3% e 27,8%, respectivamente, quando a pergunta é quem seria sua primeira opção de voto.

Na soma total, Lula é o favorito com 44,4% dos votos, seguido de Jair Bolsonaro com 32,4% e Sergio Moro com 26,2%, uma diferença de 6,2% do segundo lugar e de 18,2% do primeiro lugar. Ainda na pesquisa figuram nomes como Círo Gomes (16,6%), Luciano Huck (15,3%), João Dória (9,1%), Guilherme Boulos (4,3%), Álvaro Dias (3,9%), João Amoedo (3,3%) e Flávio Dino (0,8%).

Rejeição

No que diz respeito a rejeição, Moro aparece com 16,8%, enquanto Jair Bolsonaro fica com 39,2%, seguido de Lula com 32,2%, Luciano Huck com 17,7% e João Dória com 15,1%. Quase 15% rejeitaram todas as dez opções apresentadas pela Perspectiva Mercado e Opinião, enquanto 6,6% não rejeitou nenhuma das opções.

Segundo turno

Ainda na pesquisa, foram simuladas sete possibilidades de 2º Turno. Dentre elas, uma com Bolsonaro e Sérgio Moro, que resultaria em um empate técnico com uma leve vantagem para o ex-ministro da Justiça: 35,2% a 34,2%. E se Lula concorresse com ex-ministro, ele sairia vitorioso: 46,7% a 32,6%.

Se Jair Bolsonaro enfrentasse Ciro Gomes, haveria um empate técnico, com uma vantagem de 3,3% para o ex-governador do Ceará: 39,7% a 36,4%. Caso fosse Lula enfrentar Ciro, o petista o venceria por 47,3% a 25,4%, uma diferença de 21,9%.

Em um possível embate Lula versus Bolsonaro, Jair perderia por uma diferença de 13,0% (47,1% contra 34,1%). Lula também venceria o tucano João Dória por uma enorme vantagem de 48,6% contra 19,3%.

A pesquisa entrevistou 1.670 eleitores no Amazonas, sendo 1 mil em Manaus, 119 em Manacapuru, 119 em Itacoatiara, 112 em Parintins, 79 em Tefé, 78 em Coari, 61 em Maués, 54 em Tabatinga e 48 em Humaitá. Além disso, a mostra representa, de acordo com a empresa, 70% do eleitorado do Estado, tendo uma margem de erro é de 2,4%, para mais ou para menos, com um grau de confiabilidade de 95%.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tony Medeiros assume presidência da Comissão de Turismo na ALEAM

MP-AM quer retorno seguro às aulas no município de Manaquiri

Governo do AM divulga lista de membros do Conselho Curador da UEA