Ouvidor do Senado, Plínio Valério assina acordo com ALEAM

O acordo foi assinado pelo senador Plínio Valério e pelo deputado estadual Felipe Souza, nesta segunda-feira (5), em Brasília

Manaus | AM | Agência Senado

O senador Plínio Valério (PSDB-AM), ouvidor-geral do Senado assinou, nesta segunda-feira (5), acordo de cooperação com a Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM) com o objetivo de fortalecer as ações de ouvidoria desenvolvidas pelos órgãos correlatos no âmbito federal e estadual.

Por parte da ALEAM, o protocolo foi assinado pelo deputado estadual Felipe Silva de Souza (Patriota-AM), ouvidor daquela Casa. O documento também recebeu a assinatura da diretora-geral do Senado, Ilana Trombka.

“Fico feliz de celebrar o primeiro acordo de cooperação da Ouvidoria do Senado com a Ouvidoria da Assembleia do Amazonas. O cidadão que acompanha a atuação parlamentar e participa com ideias e reclamações tem muito a ganhar com esse intercâmbio de experiências”, disse Plínio Valério, que na ocasião representou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

O senador ressaltou que pretende dar um ritmo diferenciado aos trabalhos da Ouvidoria da Casa e ampliar essa rede de informações com outros estados. Essa é a primeira de muitas parcerias, afirmou, com assembleias e outros órgãos.

Parceria

O ouvidor da ALEAM comemorou a parceria e os frutos que serão colhidos com essa aproximação entre as duas Casas. “É um instrumento importante de cooperação técnica. Tenho certeza que ele vai permitir o aperfeiçoamento das ouvidorias para melhor atender a população que nos procura”, disse o deputado Felipe Silva de Souza.

Ilana Trombka afirmou que a primeira parceria firmada pela Ouvidoria na gestão do senador Plínio Valério vai fazer com que os cidadãos sejam cada vez mais bem atendidos. “É importante saber que muitas demandas que aqui chegam podem ser também aproveitadas no estado e que o conhecimento de cada uma das ouvidorias vai trazer um compartilhamento de experiências e boas práticas”, falou.

O acordo de cooperação prevê a estruturação e o funcionamento de uma rede de relacionamento entre os dois órgãos. A intenção é aumentar o intercâmbio de informações, cooperação técnico-científica, articulação de esforços e formação de parceria estratégica. As Ouvidorias do Senado e da Assembleia também poderão definir diretrizes comuns, por meio do estabelecimento de compromissos e ações conjuntas, para viabilizar o apoio a ações de atendimento aos cidadãos no âmbito das duas ouvidorias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CPI da Pandemia aprova quebras de sigilo e requisição de servidores da PF

Câmara aprova texto-base do projeto de privatização dos Correios

Pauta de tramitação da Aleam tem projetos voltados para o meio ambiente e saúde mental