‘Não é porque trocam de roupa que mudam de pensamento’, diz Omar sobre Alckmin e ameaças à ZFM

Senador do Amazonas relembrou que o vice-presidente e ministro da Indústria e Comércio é um inimigo antigo da Zona Franca de Manaus, ainda da época que ambos eram governadores

MANAUS | AM

Após o vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin (PSB), dizer que uma das metas da reforma tributária é acabar com o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), o senador do Amazonas Omar Aziz (PSD) relembrou que Alckmin é um inimigo antigo da Zona Franca de Manaus (ZFM).

Durante pronunciamento na cerimônia de posse de Pauderney Avelino (União Brasil) à frente da Secretaria de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), nesta segunda-feira (23), o parlamentar trouxe à memória os entreveros que já teve com o vice-presidente quando ambos eram governadores, do Amazonas e de São Paulo, respectivamente, no período de 2010 a 2014.

“Eu não me iludo muito em achar que as pessoas só porque trocam de roupa mudam de pensamento. Eu fui governador e o Alckmin era governador e tivemos embates seríssimos pelo não reconhecimento dos créditos que o Amazonas tinha. Eu tive que ir à Justiça quatro vezes para derrubar decretos”, disse o senador. “Não adianta achar que é porque o cara está no cargo tal que ele mudou de opinião”, complementou.

Na contramão do desejo de Alckmin, Omar disse que o presidente Lula (PT) afirmou que vai garantir a competitividade da Zona Franca de Manaus, para que o modelo econômico não seja prejudicado e mais de 100 mil postos de trabalho sejam colocados em xeque.

“Coloquei minha preocupação e ele [Lula] disse: ‘isso é problema meu, Omar, quem manda sou eu'”, contou o parlamentar. “Então, eu espero que a gente possa sair dessa reforma tributária, que é necessária para o país, mas que a gente acabe com essa insegurança jurídica que nos abate e não nos deixa trazer novos investimentos com a preocupação natural dos empresários”, ressaltou o senador.

Omar disse ainda que deve se encontrar com Lula nesta quinta-feira (26) e que irá discutir soluções para a ZFM.

Foto: Reprodução

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.