MP-AM investiga possível fraude em processo seletivo na rede municipal de ensino de Manaquiri

Após relatos de fraudes por parte de candidatos que concorreram as vagas para atuar nas unidades de ensino da rede pública de Manaquiri, o órgão ministerial recomendou a suspensão do processo

Manaus | AM

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) instaurou um inquérito civil para apurar irregularidades em um processo seletivo realizado pela Prefeitura de Manaquiri, para contratação temporária de profissionais para atuar nas unidades de ensino da rede pública municipal. Após relatos de fraudes por parte de candidatos, o órgão ministerial recomendou a suspensão do processo.

Segundo o MP-AM, foram recebidas inúmeras denúncias de candidatos informando a existência de fraudes no Processo Seletivo nº 001/2021, devido a suposta recusa da Comissão Organizadora da interposição dos recursos, falta de critério na pontuação e fraude na seleção dos candidatos.

Diante das suspeitas, o promotor de Justiça, Leonardo Tupinambá do Valle, recomendou ao prefeito de Manaquiri, Jair Souto (MDB), a suspensão imediata do processo seletivo e todos os atos referentes a ele.

O presidente da Comissão Organizadora e o secretário Municipal de Educação, Rogério Guilherme Soares da Silva, terão o prazo de dez dias para encaminhar ao MP-AM informações acerca dos fatos apresentados no documento, esclarecendo a metodologia utilizada na geração da pontuação e seleção dos candidatos, com nome dos servidores responsáveis pela seleção, bem como os critérios para recusa dos recursos impetrado por alguns candidatos.

Além disso, o órgão requisitou os nomes de todos os componentes da Comissão Organizado, e os nomes e documentação apresentada por todos os candidatos que se encontram dentro do número de vagas previsto no edital. maO secretário de Educação terá que enviar, ainda, informações sobre os fatos apresentados no documento de instauração do inquérito, informando o atual status do processo seletivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Terra nega ‘gabinete paralelo’ e diz que STF ‘limitou’ Bolsonaro; senadores reagem

Capitão Carpê propõe PL que autoriza Guarda Municipal a fazer patrulhamento preventivo

Projeto de Lei prevê garantia de vagas a PCDs em cargos comissionados