MP-AM investiga o pagamento do 13º salário de servidores de Fonte Boa

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) constatou, por meio do Portal da Transparência de Fonte Boa, que dos 2.260 servidores, somente 739 receberam o 13º salário em 2020

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM), por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Fonte Boa, instaurou Procedimento Preparatório (PP) para apurar irregularidades no pagamento do 13º salário dos servidores públicos do município, no ano de 2020.

A medida, tomada pelo promotor de Justiça, Ricardo Mitoso Borges, visa corrigir as distorções entre o número de servidores lotados e o número de servidores que receberam o pagamento.

No curso da investigação acerca da ausência do pagamento do 13º salário no ano de 2020 para 1.521 servidores públicos municipais, o MP-AM constatou registros relativos ao pagamento de apenas 739 servidores.

Em consulta ao Portal da Transparência de Fonte Boa, consta a existência de 2.260 servidores lotados. “Diante da divergência entre os dados totais de servidores do portal e dos encaminhados ao MP, solicitamos novas informações à Prefeitura, porém, não obtivemos resposta”, informou o promotor de Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Terra nega ‘gabinete paralelo’ e diz que STF ‘limitou’ Bolsonaro; senadores reagem

Capitão Carpê propõe PL que autoriza Guarda Municipal a fazer patrulhamento preventivo

Projeto de Lei prevê garantia de vagas a PCDs em cargos comissionados