Marcelo Ramos afirma que comandante da FAB extrapolou os limites institucionais

O deputado Marcelo Ramos se manifestou, nesta sexta-feira (9), ainda sobre a polêmica envolvendo o senador Omar Aziz e as Forças Armadas

Manaus | AM

O vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM), afirmou nesta sexta-feira (9) que o comandante da Força Aérea Brasileira (FAB), brigadeiro do ar Carlos de Almeida Baptista Júnior, extrapolou seus limites institucionais.

“Não cabe a ele impor limites as investigações da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) e nem impedir investigação sobre a conduta de militares no exercício de funções civis”, disse Ramos.

O militar Carlos Júnior questionou: “Aquilo lá é investigação? O povo tem que responder”. O brigadeiro do ar mandou, ainda, um recado para o presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM). “Nós não enviaremos 50 notas para ele. É apenas essa”, declarou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carlinhos Bessa agradece Wilson Lima por CETI de Tefé

TCE-AM muda para quarta-feira o julgamento das contas de ex-gestores de Arthur Neto e Amazonino Mendes

Câmara pode votar nesta terça-feira MP sobre suspensão de contratos de trabalho na pandemia