Manaus ganha o apoio da bancada do Congresso, afirma David Almeida

David quer tornar a Prefeitura de Manaus mais eficaz no processo de distribuição da riqueza que é arrecada por meio dos impostos

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

O prefeito eleito de Manaus, David Almeida, revelou na manhã desta segunda-feira (30), durante entrevista, que Manaus e o Amazonas vão contar com o apoio dos oito deputados da bancada amazonense e os oito deputados federais do Avante no Congresso Nacional, a fim de buscar soluções para os problemas da cidade e do Estado.

Ao lado do presidente nacional do Avante, o deputado federal Luís Tibé, David ressaltou o compromisso do presidente da legenda, da qual faz parte, de somar esforços com os membros da bancada amazonense no Congresso, nas lutas em defesa dos interesses do modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) e do próprio Amazonas. “A partir de agora, nós teremos 16 deputados empenhados e unidos na defesa dos interesses da Zona Franca de Manaus, do Amazonas e do seu povo”, disse David.

Desafios

Ao falar sobre os principais desafios a serem vencidos pela sua gestão, o prefeito eleito revelou que, no meio da tarde desta segunda-feira, vai anunciar os membros da Comissão de Transição e ressaltou que nos próximos dias vai definir as metas e as prioridades para os 100 primeiros dias de trabalho. “Adianto dois nomes: Luiz Gonzaga e Tadeu Silva. À tarde vamos revelar os outros nomes do nosso secretariado”, afirmou.

David disse, ainda, que, a partir de agora, Manaus vai ter um prefeito presente, atuante e amigo do povo, que vai percorrer a cidade e discutir com a população as melhores maneiras de começar a solucionar os problemas.

“Vou ser um prefeito presente em todos os bairros, nos ônibus, nas escolas, nas Unidades Básicas de Saúde, no campo de futebol, na feira, nos mercados, para poder ver de perto todos os problemas da nossa cidade e buscar as melhores soluções para todos eles”, explicou.

Na avaliação de David, o principal desafio posto à nova administração da cidade é transformar os serviços públicos e torná-los melhores, mais eficientes, bem como tornar a Prefeitura de Manaus mais eficaz no processo de distribuição da riqueza que é arrecada por meio dos impostos.

“Vamos implementar no poder público as ações de governança que regem a iniciativa privada, no que se refere a gestão, eficiência, metas, resultados, cobrança e fiscalização”, disse ele, destacando que a nova gestão vai trabalhar focada na busca da eficiência e otimização dos recursos disponíveis, para fazer mais com menos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presidente do STF pede união dos Poderes para conter crise no Amazonas

Braga é desafiado a doar salário para comprar oxigênio e acusado de tentar usar politicamente crise no AM

Joana Darc diz que doará todo seu salário para compra de oxigênio para hospitais públicos