Jaíza Fraxe reconhece transparência na vacinação por parte do Governo do Amazonas

A magistrada Jaíza Fraxe usou suas redes sociais para falar que estoques de vacinas contra Covid-19 estão bem organizadas

Manaus | AM

A juíza Jaíza Fraxe, titular da 1ª Vara da Justiça Federal no Amazonas, reconheceu nesta sexta-feira (23), a transparência na vacinação por parte do Governo do Amazonas. Segundo a magistrada, na sede da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) foi constatada boa organização e não existe vacinas contra o Covid-19 vencidas.

“O lote mais próximo vencerá em setembro e já tem entrega programada. Vamos continuar a vistoria por municípios para saber onde está ocorrendo o represamento”, disse a juíza, por meio das redes sociais.

Fraxe determinou, ainda, que fossem realizadas vistorias nas câmaras frias da FVS-AM, nas salas de vacina e nos locais de armazenamento da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), para verificar os estoques e a validade dos imunizantes.

Documentação

A FVS também entregou, nesta quinta-feira (22), a documentação relacionada à distribuição das doses de vacina contra Covid-19 à equipe da Justiça Federal. Durante a inspeção, os auditores constataram o envio das remessas dos imunizantes para os municípios do Estado, e observaram a data de validade dos lotes das vacinas de reserva técnica armazenados na câmara fria da fundação.

Nesta quarta-feira (21), Jaíza Fraxe determinou que a equipe de vistoria verificasse as documentações de recebimento e respectiva entrega dos lotes aos municípios amazonenses fossem conferidas.

 

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ministério da Economia publica regra que permite elevar salários de Bolsonaro e Mourão

Wilson Lima entrega 3 toneladas de alimentos na Zona Sul de Manaus

Aproximação de Dermilson Chagas e Eduardo Braga fica explícito nas redes sociais