Frota e filho de José Dirceu farão parte do grupo de transição

Alexandre Frota irá compor a equipe de Cultura e Zeca Dirceu deve ficar no grupo de Turismo na equipe de transição de Lula

PAÍS

Geraldo Alckmin, vice-presidente eleito, anunciou nesta terça-feira (22) novos nomes que irão compor os grupos técnicos da fase de transição do governo de Lula. Entre os nomes está o do deputado Alexandre Frota (Pros-SP) para compor a equipe de Cultura. Foi anunciado ainda o nome de Zeca Dirceu, filho do ex-ministro José Dirceu, para apoiar os trabalhos no grupo de Turismo.

“Esses são os parlamentares dos vários partidos políticos que vão integrar o grupo parlamentar. É o grupo técnico da transição, é importante, porque eles vão acompanham os projetos que estão em discussão na Câmara e no Senado federal” comentou Alckmin.

O gabinete de transição é composto por 31 Grupos Técnicos, responsáveis pela produção de um relatório final, com diagnóstico abrangente de cada área, reunindo informações sobre o funcionamento e a atuação dos órgãos e entidades que compõem a administração pública federal. Eles devem identificar os riscos, fazer alertas, apontar ilegalidades e necessidades de apuração por parte dos órgãos de controle. Além disso, podem propor medidas que exijam a tomada de decisão no início do novo governo.

Os grupos devem entregar, até o dia 30 de novembro, um diagnóstico preliminar, com alertas dos órgãos de controle, uma análise da estrutura de cada área e uma lista preliminar com sugestões de atos normativos que devem ser revogados a partir de janeiro de 2023.

Até o dia 11 de dezembro, os grupos devem apresentar um relatório final, com análise dos programas implementados pela atual gestão, assim como dos programas das gestões do PT que foram descontinuados.

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.