Fausto Jr. afirma que Amazonas já estava a beira do colapso na Saúde devido a casos de corrupção e cita a ‘Maus Caminhos’

Segundo Fausto Jr., é inegável não falar sobre a operação 'Maus Caminhos', que desarticulou um esquema de corrupção que desviou R$ 260 milhões e prendeu a mulher de Omar Aziz, Nejmi Aziz

Manaus | AM

O deputado estadual Fausto Jr. (MDB) afirmou em entrevista coletiva, antes do depoimento na Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) da Pandemia, nesta terça-feira (29), que o Amazonas já estava a beira do colapso por muitos anos.

Segundo ele, é impossível não falar sobre a operação ‘Maus Caminhos’, da Polícia Federal (PF), que desarticulou um esquema de corrupção que desviou R$ 260 milhões comprovadamente somente da Saúde do Estado.

“Já éramos âmbito de notícia pela falta de pagamento de servidores da Saúde, pelo desabastecimento de insumos. então, imagine nossa preocupação no momento da primeira onda, aonde já tinhamos uma saúde extremamente frágil e com uma pandemia que veio de uma forma muito agressiva no meu Estado. Não poderia ter dado outro resultado, a não ser a tragédia que aconteceu no Amazonas”, disse.

Operação Maus Caminhos

De acordo com o Ministério Público Federal no Amazonas (MPF-AM), a operação ‘Maus Caminhos’ desarticulou um grupo criminoso que desviava recursos públicos por meio de contratos milionários firmados com o governo do Estado do Amazonas, em 2016, durante a gestão do governador José Melo (PROS).

Em 2019, o desdobramento da ação resultou na operação ‘Vertex’ que prendeu a deputada estadual Nejmi Aziz, mulher do presidente da CPI da Pandemia, senador Omar Aziz (PSD), além de irmãos do parlamentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carlinhos Bessa agradece Wilson Lima por CETI de Tefé

TCE-AM muda para quarta-feira o julgamento das contas de ex-gestores de Arthur Neto e Amazonino Mendes

Câmara pode votar nesta terça-feira MP sobre suspensão de contratos de trabalho na pandemia