Em visita ao TPP de Manaus, secretário de Pesca fala sobre privatização e incentivo ao turismo

Em vídeo publicado em suas redes sociais, Self Júnior afirma que o TPP precisa de "uma infraestutura melhor no que tange organização, infraestrutura"

Manaus | AM

O secretário de Agricultura e Pesca, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Jorge Self Júnior, está no Amazonas e visitou, na madrugada desta quarta-feira (2), o  Terminal Pesqueiro Público (TPP) de Manaus, com o objetivo de conhecer a infraestrutura do local, pescadores e vendedores da região.

Em vídeo publicado em suas redes sociais, Self Júnior afirma que o TPP precisa de “uma infraestutura melhor no que tange organização, infraestrutura para as embarcações e, logicamente, que aquela estrutura que está aqui, precisa funcionar”, disse ele.

O secretário destacou, também, que além de representantes do Ministério da Ecnomia – “que está fazendo um importante trabalho para a privatização desse terminal” -, trouxe representantes Ministério do Turismo. “Viajei Brasil afora e percebemos que essas estruturas de pescado normalmente são acompanhadas por centro de compras, centros de artesanato, hotéis e o Amazonas, sendo grande polo turístico que é, não pode ficar de fora”, disse.

Confira aqui, vídeo divulgado por Jorge Self Júnior.

Nesta quinta-feira (3), o representante do Mapa foi até o município de Iranduba (a 27 quilômetros a sudoeste de Manaus), devidamente acompanhado do deputado federal, Delegado Pablo. A reunião na cidade, registrada pelo parlamentar, contou com visita às instalações da Indústria Portuária Municipal e a Bio Pescados da Amazônia.

O deputado federal, Delegado Pablo, com o secretário nacional de Pesca (Imagem: Reprodução/Instagram)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Parintins não terá comícios, informa MP Eleitoral

Defensoria questiona TRE-AM sobre fiscalização de medidas de prevenção à Covid-19 em atos de campanha

David propõe a inclusão de robótica nas escolas e ampliação das aulas práticas