Em live, David Almeida diz que foi alvo de ação orquestrada e afirma que não tem apoio do governo e nem da prefeitura

Em sua live, David Almeida afirma que não tem apoio da prefeitura e nem do governo, revela bastidores de 2017 e 2018 e chama o presidente do PRTB municipal, deputado Fausto Júnior, de moleque

Manaus | AM

O candidato à Prefeitura de Manaus, David Almeida, durante transmissão ao vivo, nesta quarta-feira (18), em sua página do Facebook, afirmou que foi alvo de uma ação orquestrada por adversários que estão disputando com ele o segundo turno das Eleições 2020, neste caso, o candidato Amazonino Mendes. “Quero aqui trazer de volta a verdade e não deixar que você eleitor seja enganado”, disse Almeida.

Nesta terça, vazou um áudio supostamente gravado durante reunião liderada pela secretária de Direitos Humanos, France Medeiros, em que ela afirma que o governador do Estado, Wilson Lima, havia declarado que seu candidato era David Almeida. Porém, ela não explica em que contexto conversou com Lima e em que momento esse apoio foi declarado.

Para explicar o fato, Almeida fez uma retrospectiva. “Em 2017, eu era presidente da Assembleia e governador interino e fui convidado para ser vice do Amazonino. Eu me recusei, não aceitei. O Amazonino foi trazido novamente para a política pelo senador Omar Aziz, que a época presida o PSD”, conta Almeida. “Não aceitei, me recusei. Naquela eleição, o Amazonino foi tirado da aposentadoria pelo Omar e pelo Arthur (Neto) que bancaram a candidatura dele”.

Segundo Almeida, na oportunidade, ele ficou do ‘outro lado’, ou seja, contra Amazonino, Arthur, Eduardo (Braga) e Alfredo (Nascimento). “Para o segundo turno, foi Amazonino e Eduardo. Me recusei a apoiar os dois, porque não vejo neles as condições necessárias. Lá em 2017, eu falava para o Omar que ele estava errado em trazer o Amazonino de volta. O Amazonino foi um problema criado pelo Omar”.

Já em 2018, Almeida lembra que foi candidato a governador contra Amazonino, Omar e o atual governador Wilson Lima, e afirma que Lima era “funcionário” de Amazonino. “Wilson Lima foi um personagem criado pelo marketing (do Amazonino) para dividir meus votos em 2018. Alertei a população”, desabafou ele.

Ainda durante a live, David Almeida tornou a repetir que, em 2017, esteve contra todos os políticos citados e que, em 2018, também. “Agora, em 2020, aqui estou eu, novamente, candidato para prefeito de Manaus e vou dizer aqui: estou contra Amazonino, Eduardo, Arthur, Omar, Alfredo, Wilson Lima e todas essas estruturas”.

Apoio

Também nesta terça, durante sessão na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM), o deputado Fausto Júnior, presidente do PRTB municipal, disse que seu partido estaria retirando o apoio à candidatura de Almeida, apoio este que, de acordo com o candidato, não teve. “Como esse deputado saiu da minha coligação se ele nunca entrou? Nunca participou da minha campanha? Alguns filiados do PRTB me ajudaram, me apoiaram, fizeram carreata, mas a direção do partido nunca apareceu”, falou Almeida.

Essa ‘decisão’ de saída do PRTB da coligação de David Almeida, seria em consequência a essa possível aliança com o governador do Estado. “Deputado, deixe de molecagem! Seja homem, pare de fazer papel de peteleco. Pare de fazer papel de garoto de recado. Deixe de ser teleguiado. O senhor custa muito caro para a população para fazer um papel desse ridículo de ser usado para me atacar. Deputado Fausto Júnior, você é um moleque. Respeite! Ainda veste fraldas. E eu quero dizer para você que, além desses que estou enfrentando, eu te enfrento. Te enfrento e enfrento quem está por trás de ti. Tudo orquestrado”, ressaltou.

Antes de finalizar, ele voltou a dizer que é contra todas as estruturas atuais e que não tem apoio nem do governo e nem da prefeitura. “Estou disposto a enfrentar todos vocês! Nesta eleição já atacaram a mim, a minha mãe, a minha filha e minha esposa que está falecida. Não respeitam ninguém e estão desesperados que o povo cansou deles, porque vão perder a eleição. Nós estamos aqui para resgatar a dignidade do povo de Manaus”, finalizou.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marcelo Amil tem o menor custo de voto do PCdoB no País

TJAM divulga o Calendário Judicial para o ano de 2021

Renê Terra Nova declara apoio a David Almeida em Manaus