‘É um direito legítimo do general’, diz Coronel Menezes sobre possível candidatura de Pazuello ao Governo do AM

Manaus | AM

O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que há pouco tempo deixou o ministério, pode ser um dos candidatos a disputar as eleições em 2022 e visando o cargo do Governo do Amazonas, que é ocupado por Wilson Lima (PSC). Um dos aliados mais próximos de Bolsonaro, é o Coronel Menezes (Patriota), e segundo sua assessoria de comunicação, a candidatura de Pazuello é ainda uma especulação e que Menezes não fará nada sem o aval do capitão [Bolsonaro].

Conforme Menezes, ele vê essa questão da candidatura do ex-ministro como um direito legítimo dele. “É um direito legítimo do General. Eu afirmo que serei candidato a um cargo majoritário, minha pretensão é o senado para poder aposentar o senador da “Maus caminhos”, mas, tudo pode acontecer.”, disse.

O coronel ainda enfatiza sobre o seu total apoio a reeleição de Bolsonaro, dizendo que é prioridade máxima, e quem o ‘capitão’ indicar no governo e no senado pelo Amazonas, poderão contar com o total apoio de Menezes. “Nossa intenção é fazer dois deputados federais para oxigenar a nossa política local e entregar ao presidente parlamentares comprometidos com o seu projeto”, finalizou o próximo candidato ao senado.

A assessoria de Pazuello foi procurara para esclarecer esse rumor, mas até o fechamento desta matéria, não foi obtido resposta.

O ex-ministro é natural do Rio de Janeiro, mas foi criado no município de Manaus-AM, onde cresceu e foi para a Academia Militar das Agulhas Negras para após disso seguiu a carreira militar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Senadores Omar, Plínio e Braga votaram a favor da criação da CPI da Covid-19

AO VIVO | Saiba quais ministros do STF votaram contra a liberação de cultos e missas na pandemia

Roberto Cidade autorizou o gasto de mais de R$ 12 milhões com contratos na Aleam