Dos 41 vereadores da Câmara Municipal de Manaus, 12 não utilizaram o ‘Cotão’, no mês de janeiro

Cada parlamentar da Câmara Municipal de Manaus, tem por lei, direito a Cota para Exercício da Atividade Parlamentar (CEAP)

Manaus | AM

Dos 41 vereadores que compõe a Câmara Municipal de Manaus (CMM), 12 parlamentares não utilizaram a Cota para Exercício da Atividade Parlamentar (CEAP), em janeiro deste ano, mês marcado pelo recesso da Casa Legislativa Municipal. A posse dos eleitos ocorreu no dia 1 de janeiro, mas os trabalhos na sede da CMM iniciaram somente no dia 8 de fevereiro.

Wanderley Monteiro, William Alemão, Yomara Lins, Tahyssa Lippy, Professor Samuel, Raiff Matos, Marcelo Serafim, Marcel Alexandre, Kennedy Marques, Ivo Neto, Eduardo Alfaia e Amon Mandel representam 29,27% dos vereadores de Manaus que não utilizaram a verba e economizaram R$ 216 mil.

O levantamento foi feito pelo site O PODER, a partir dos gastos publicados no Portal da Transparência da Câmara Municipal de Manaus. Vale ressaltar que o ‘Cotão’, é um direito do parlamentar eleito para a legislatura de 4 anos.

Na contramão

Indo na contramão dos 12 vereadores, 29 utilizaram o ‘Cotão’ durante o recesso legislativo. Entre os itens observados pela equipe de reportagem, estão gastos com combustível, divulgação da atividade parlamentar, locação de veículos, contas de telefone, assessoria jurídica e entre outros serviços.

Os 29 representam 70,73% dos parlamentares da atual legislatura e gastaram R$ 295.148,7. Atualmente, cada vereador da CMM tem o benefício R$ 18 mil de ‘Cotão’, por mês. Ainda de acordo com o Portal da Transparência, um vereador custa R$ 15.031,76 para os cofres do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bolsonaro cobra pedidos de impeachment de ministros do STF a senador Jorge Kajuru

Vereador Caio André cobra reabertura do CSU do Parque 10

Internautas chamam a atenção de deputado Dermilson Chagas em rede social