Correios gastará quase R$ 5 milhões com serviços de limpeza de prédios no Amazonas

A empresa que venceu a licitação - A. P. M. da Fonseca – ME - firmou contrato com os Correios, por meio do Governo Federal, até 23 de maio de 2026

Manaus | AM

O Governo Federal, por meio da Superintendência Estadual dos Correios no Amazonas, firmou um contrato de R$ 4.830.204,71 para realizar serviço de limpeza predial, asseio e conservação, com fornecimento de material de limpeza e higiene, de máquinas, equipamentos e utensílios, para as unidades dos Correios no Estado.

De acordo com o Diário Oficial da União (DOU), a empresa que ganhou o certame foi A. P. M. da Fonseca – ME. Também de acordo com o documento, a vigência do contrato iniciou nesta segunda-feira (24) e vai até o dia 23 de maio de 2026.

Privatização

No dia 24 de fevereiro deste ano, o presidente Jair Bolsonaro entregou o projeto de privatização dos Correios ao presidente da Câmara, deputado federal Arthur Lira (PP-AL).

Privatização dos Correios divide opinião de deputados federais do Amazonas

No dia 20 de abril, os deputados aprovaram requerimento de urgência para a proposta, o que permite que ele seja pautada a qualquer tempo na Câmara dos Deputados, em Brasília.

No entanto, atualmente, os Correios gerou um lucro líquido de R$ 1,53 bilhão em 2020, o melhor resultado em pelo menos uma década, segundo informações do presidente da estatal, Floriano Peixoto Vieira Neto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vereador denuncia obra inacabada deixada pela gestão do ex-prefeito Arthur Neto

Câmara dos Deputados discute energia elétrica e conclusão da BR-319

Por unanimidade, TCE julga improcedente denúncia contra a Cema por suposto superfaturamento de EPI