Chamados pelo MP-AM, prefeitos eleitos se comprometem a priorizar políticas para infância e juventude

A coordenadora do CAO-IJ e promotora de Justiça, Vânia Marinho, ressaltou o empenho do MP-AM ao obter êxito na mobilização dos candidatos eleitos e/ou reeleitos

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

No interior do Amazonas, sete prefeitos eleitos assinaram o Termo de Compromisso pela Infância e Juventude resultado da campanha do Ministério Público do Amazonas (MP-AM), por intermédio do Centro de Apoio Operacional à Infância e Juventude (CAO-IJ). No termo, o prefeito eleito (ou reeleito) se compromete a destinar recursos para garantir o fortalecimento das políticas públicas, mediante absoluta prioridade, destinadas ao atendimento da população infanto-juvenil dos seus respectivos municípios.

 

A coordenadora do CAO-IJ e promotora de Justiça, Vânia Marinho, ressaltou o empenho dos promotores de Justiça, em suas comarcas, ao obter êxito na mobilização dos candidatos eleitos. Assinaram os termos os prefeitos eleitos: Frank Luiz da Cunha Garcia (Parintins), João Medeiros Campelo (Itamarati), Jocione dos Santos Souza (Novo Aripuanã), Marco Antônio Lise (Apuí), Paulo Ruan Portela Matos (Envira), José Cidinei Lobo do Nascimento (Humaitá) e Edson de Paula Rodrigues Mendes (Barcelos).

Além desses municípios, mais quatro prefeitos eleitos se comprometeram a assinar o documento: Gean Campos de Barros (Lábrea), Beto D’angelo (Manacapuru), Eraldo Trindade da Silva (Boa Vista do Ramos) e Jair Aguiar Souto (Manaquiri).

“O Ministério Público do Estado do Amazonas por meio de seus membros, em cada município, e da Coordenadoria da Infância e Juventude reitera o convite a todos os prefeitos para firmarem o Termo de Compromisso na certeza que a Infância e Juventude é e sempre será prioridade para toda administração comprometida com uma sociedade mais justa e fraterna”, completou Vânia Marinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

David Reis diz que vereadores decidirão se licitação das 41 pick ups vai continuar na CMM

Bolsonaro afirma que Governo Federal zerou impostos de medicamentos

Marcelo Ramos afirma que aumento do IOF é uma maldade com o povo brasileiro