Câmara Municipal de Manaus compra cafeteiras 350% acima do valor do mercado

Além das cafeteiras, a presidência do órgão legislativo adquiriu 20 frigobares, 50 telefones com fio e 20 bebedouros

Faltando pouco mais de três meses para o encerramento de seus mandatos, os vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM) aproveitaram o momento para promover uma verdadeira ‘farra’ com o dinheiro público. Isto porque, conforme publicação no Diário Oficial Eletrônico Legislativo Municipal, desta terça-feira (8), a CMM adquiriu duas cafeteiras 350% mais caras do que o valor praticado do mercado.

Confira, na íntegra, homologação do processo licitatório que consta no Diário Oficial Eletrônico Legislativo Municipal

De acordo com a publicação no Diário Oficial, a vencedora do processo licitatório Convite n. 004/2020 – CMM, foi empresa Comextrade Comércio e Serviços LTDA, inscrita no CNPJ 84.110.972/0001-29, por apresentar “o menor valor em todos os itens licitados”. A homologação do processo foi assinada pelo presidente da Câmara Municipal de Manaus, vereador Joelson Sales Silva.

Em breve pesquisa feita pelo site O PODER, utilizando as referências contidas no Diário Oficial, uma máquina de café 40 litros, com bojos em aço inoxidável, resistência blindada de alta performance, três torneiras, termostato para controle de temperatura, visor de nível para reservatório de água, pode ser encontrada por até R$ 2.826.

Adquirindo as duas unidades, a CMM teria gasto R$ 5.652, ou seja, R$ 14.688 a menos do que o valor gasto na aquisição dos produtos, por meio da licitação.

Outros itens que constam na lista de produtos adquiridos pela CMM, são 20 frigobares de 120 litros com compressor, na cor branca, voltagem 110v, classificação Energética A, com compartimento de freezer e prateleiras removíveis.

Cada produto foi comprado por R$ 2.130, porém, também em breve pesquisa feito pelo site O PODER, é possível encontrar o mesmo produto por até R$ 1.058. Se comprados pelo valor de R$ 1.058, as 20 unidades totalizaram R$ 21.160, ou seja, R$ 21.440, mais barato do que montante pago pela CMM.

A lista de equipamentos adquiridos pelo órgão executivo legislativo para atendimento de setores e gabinete da presidência da CMM, conta, ainda, com 50 telefones com fio, 50 lixeiras com tampa inox de oito litros, 20 bebedouros de coluna e um bebedouro de mesa. Ao todo, foram gastos R$ 97.380.

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TCE-AM multa ex-secretária do Fundo Municipal de Saúde de Barcelos

Antes de assinar ordem de serviço da BR-319, ministro passará por Rondônia e Humaitá

Ao lado de Alberto Neto, Bolsonaro diz que a Amazônia 'poder ser a independência econômica do País'