Braga tenta ser o paladino da CPI da Pandemia, mas esquece problemas na saúde do AM quando foi governador

Manaus-AM- Querendo ser o novo paladino na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, em Brasília, o senador Eduardo Braga (MDB) esquece que quando foi Governador do Amazonas, a saúde do Estado passava por adiamento de cirurgias no Hospital Adriano Jorge, com problemas em máquinas de hemodiálise e o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio tinha leitos improvisados nos corredores, além da falta de material básico.

Informações obtidas pelo site O PODER revelam que em setembro de 2007, quando Eduardo Braga ainda era governador do Estado o Ministério Público reprovou a gestão do João Lúcio, pois apresentava falhas graves em uma inspeção.

Em um outro caso, por conta de uma greve de médicos, pacientes do Hospital Adriano Jorge tiveram as cirurgias adiadas por vários meses, além de as máquinas de hemodiálise do Estado serem poucas para os usuários da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam).

Pré-candidato

Braga que é pré-candidato ao Governo do Amazonas em 2022 tentou desmoralizar nas últimas semanas seus dois adversários políticos, o atual governador Wilson Lima (PSC), que vem para reeleição e o possível candidato do presidente Jair Bolsonaro, o ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello durante os depoimentos da comissão.

Questionamento

Nesta quarta-feira (9), durante o depoimento do ex-secretário-geral do Ministério da Saúde, coronel Antônio Elcio Franco Filho, Eduardo Braga questionou o depoente para atingir o governo estadual e federal. O senador perguntou para Antônio Elcio se havia recursos federais para municípios e ao Estado do Amazonas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TJAM suspende greve de sindicatos da Educação e autoriza desconto de dias não trabalhados

Capitão Alberto Neto exalta distribuição de vacinas contra o Covid-19 no Governo Bolsonaro

Wilson Lima anuncia que Amazonas vai distribuir absorventes para alunas em situação de vulnerabilidade social