Borba gasta R$ 97 mil em mobiliário escolar, mesmo com aulas suspensas por conta da Covid-19

De acordo com a nota fiscal a qual o site O PODER teve acesso, a prefeitura do município comprou 140 cadeiras pré-escolares, 440 carteiras escolares em madeira de lei, 35 meses pré-escolares em madeira MDF e 50 quadros brancos escolares

Manaus | AM

Apesar das aulas suspensas por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Borba gastou, no primeiro semestre deste ano, gastou R$ 97 mil em mobiliário escolar, conforme nota fiscal a qual o site O PODER teve acesso, na manhã desta segunda-feira (21). Na última semana, a equipe de reportagem já havia denunciado a gestão municipal por adquirir 4.500 quilos de pão francês e 4.500 quilos de roscas comestíveis para alunos da rede municipal de ensino, totalizando um gasto de R$ 63 mil, mesmo sem ano letivo.

Prefeitura de Borba gasta R$ 63 mil com pães e roscas para alunos, mas aulas no município estão suspensas

De acordo com a nota fiscal, emitida no dia 22 de maio de 2020, a prefeitura do município comprou da empresa R do N Gonçalves, inscrita sob o CNPJ 18.256.094/0001-20, 140 cadeiras pré-escolares com assento e encosto em polipropileno (R$ 17.500), 440 carteiras escolares em madeira de lei (R$ 52.800), 35 meses pré-escolares em madeira MDF (R$ 6.300) e 50 quadros brancos escolares (R$ 21 mil), totalizando R$ 97 mil.

Veja a nota fiscal emitida pela empresa R do N Gonçalves para a Prefeitura de Borba

A R do N Gonçalves, localizada na Rua Getulio Vargas, 783, bairro Centro, foi criada no dia 6 de junho de 20213, tem capital ativo de R$ 250 mil e comercializa mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios para minimercados, mercearias e armazéns, além de material elétrico, móveis, artigos de vestuário e artigos de cama, mesa e banho.

Ainda segundo a nota fiscal, a aquisição do mobiliário é decorrente do processo administrativo n. 1.389/2019, convite n. 006/2020-CPL/PMB. A equipe de reportagem tentou entrar em contato com a empresa por meio dos telefones (92) 99282-06xx e 99472-01xx, mas não obteve sucesso até o fechamento desta reportagem.

Procurada pelo site O PODER, a Prefeitura de Borba disse que “acredita ser válido preparar as escolas para quando as aulas iniciarem, uma vez que todas escolas da rede municipal de ensino da cidade passaram por reformas e ampliação e foram entregues no mês de agosto”.

Além disso, ressalta que “não só escolas da cidade passaram por reformas, mas também as escolas de comunidades ribeirinhas receberam esses trabalhos”. “Convido o site a visitar nossa página no Facebook para verificar as matérias feitas desde o início da administração e o passo a passo dos trabalhos de reforma das escolas, e não só reforma, como também as construções de muitas escolas em alvenaria que foi feito em diversas comunidades do município”.

De acordo com o artigo 73 da Lei Eleitoral n. 9.504/97, qualquer propagação de ações institucionais do poder público por meio de internet, rádio, televisão ou mídia escrita devem estar suspensas no período eleitoral, salve questões de saúde pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em nova pesquisa, 66% acham atual mandato de Arthur Neto regular e péssimo

Após recriar Secretaria de Esportes, Amil vai lançar Copa Manaus Sub-17

Big Data aponta crescimento de David e queda de Amazonino